quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Crédito da foto Para Marcos Martins
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A Prefeitura de Cambará e a Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) estão ultimando os últimos detalhes para a entrega das chaves das 199 moradias populares que foram construídas no Conjunto Inês Panichi. As casas vão atender famílias com renda entre um e três salários mínimos que ainda não têm casa própria.

De acordo com a Cohapar, 97% das obras estão concluídas, restando apenas a pintura de poucas unidades, assim como a conclusão da sinalização vertical e horizontal das ruas. Além disso, a Cohapar e a Prefeitura de Cambará trabalham na execução das calçadas e pequenos reparos que devem ser concluídos em poucos dias. Apesar disso, a data para a entrega das casas não está definida.

Para o prefeito João Mattar mais que uma obra, as casas do novo conjunto são a realização do sonho de famílias que ainda não tem uma moradia própria. “Ao entregar essas casas nós estaremos dando dignidade para essas pessoas. São pais e mães que terão um teto seu para abrigar seus filhos. Entregar essas casas é dizer que nos importamos com essas famílias”, disse João Mattar.

Construídas com recursos da ordem de R$ 7 milhões, as moradias do novo conjunto têm três plantas com 35, 47 metros quadrados. Além das casas, o novo conjunto conta com toda infraestrutura necessária, com água, energia e esgoto. Todas as ruas são pavimentadas e sinalizadas.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Tribuna do Vale

Notícias Relacionadas

Comentar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125