terça-feira, 13 de novembro de 2018

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Três das oito rodovias estaduais que cortam a região estão em péssimo estado

Três das oito rodovias estaduais que cortam a região estão em péssimo estado
Crédito da foto Para Erosão tomou conta do trecho urbano da PR-218 em Ribeirão do Pinhal, obrigando motoristas a usar desvio (Antônio de Picolli)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Das oito rodovias que cortam os 26 municípios do Norte Pioneiro, três precisam de manutenção em caráter emergencial. Esta semana, a reportagem da Tribuna do Vale flagrou vários motoristas se arriscando pela contramão para desviar das enormes fendas que se abriram no asfalto da PR-431, entre Jacarezinho e Cambará.

O grande volume de chuva que atingiu a região nas semanas anteriores é o maior responsável pelos estragos nas rodovias. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), os pontos mais críticos estão na PR-424 (entre Salto do Itararé e Siqueira Campos), PR-218 (entre Jundiaí do Sul e a BR-153) e PR-431 (no trecho entre Jacarezinho e Cambará e Ribeirão Claro).

Nesta terça-feira, 22, fiscais do Departamento de Estradas de Rodagens (DER) estiveram na PR-424 para avaliar a ponte sobre o Rio Água Fria, pois a cabeceira da passagem apresentou um afundamento de aproximadamente 40 centímetros. Os engenheiros do órgão garantiram que irão ao local para avaliar os estragos nesta quarta-feira, 23.

Segundo o DER, o afundamento no asfalto aconteceu devido ao grande volume de chuvas, que carregou grande parte da terra que faz parte do aterro de sustentação da ponte para a pista.

Nas PRs 431 e 218 o número de buracos que se formou com a chuva tem preocupado os motoristas. Segundo a assessoria de imprensa do DER as obras de manutenção destas rodovias estão previstas para o mês de abril. A justificativa para a demora é que as equipes do DER estão atuando nos serviços emergenciais em todo estado.

No quilômetro 47, da PR-272, entre Siqueira Campos e Tomazina, a PRE alertou que houve um deslizamento de terra, que não chegou a atingir a pista, mas serve de alerta aos usuários do trecho.

O comandante do 3º Pelotão da PRE de Jacarezinho, tenente Anderson Bristo Piske, alerta os motoristas que vão viajar no feriado para ter atenção redobrada para evitar danos e acidentes nos trechos mais críticos. Ele ressalta que apesar da manutenção na PR-092, ainda existem alguns pontos que estão com buracos.

Segundo o superintendente do DER de Londrina, José Ferreira Hedgger, a cratera que se abriu no quilômetro 90 da PR-218, em Ribeirão do Pinhal, há oito meses continua em manutenção pelo órgão. No entanto, ele não garantiu nenhuma previsão de conclusão das obras.

Quem passa pelo local, precisa dar a volta por um desvio a poucos metros da cratera.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Dayse Miranda Tribuna do Vale

Notícias Relacionadas

Comentar: Três das oito rodovias estaduais que cortam a região estão em péssimo estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596