Monday, 21 de September de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Parceria garante inserção de adolescentes no mercado de trabalho

Parceria garante inserção de adolescentes no mercado de trabalho
Photo Credit To Taina Tomaz Moretti entre equipe da Ação Social, do Banco do Brasil e Colégio Rio Branco (Antônio de Picolli)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Quatro adolescentes começaram a trabalhar como aprendizes no Escritório Regional da Copel e na agência do Banco do Brasil em Santo Antônio da Platina. A inserção dos adolescentes, três deles na Copel e um no BB, no mercado de trabalho só foi possível graças a uma parceria entre a Secretaria Municipal de Ação Social e a Associação de Educação Familiar e Social do Paraná, com sede em Curitiba.

Na Copel foram contratos Leonardo Nogueira Lemos, Caroline Gomes da Silva e Pedro Henrique dos Santos. No Banco do Brasil Thainá Tomaz Moreti.

Toda a regulamentação do trabalho tem base na Lei da Aprendizagem, que tem o objetivo de oferecer oportunidades e qualificação profissional aos adolescentes e jovens dos 14 aos 24 anos. Pela Associação, só podem ser contratados adolescentes acima dos 14 anos e menores de 18 anos. Os quatroaprendizes que iniciaram os trabalhos ontem – dois homens e duasmulheres- são estudantes de escolas públicas da cidade e estão incluídos no cadastro do Centro de Referência à Assistência Social, como em situação de vulnerabilidade social. Eles já tiveram suas carteiras de trabalho assinadas, vão ganhar salário mínimo e trabalhar quatro horas por dia. Em um dia da semana, farão um curso online na área administrativa, para qualificação profissional. Os aprendizes foram contratados como auxiliares administrativos, e só podem continuar no emprego se não deixarem a escola.

Ao término do contrato, eles receberão certificado do curso e terão seus direitos trabalhistas pagos devidamente.

A assistente social Miriam do Rocil Simioni da Associação de Educação Familiar explicou que aentidadesó firma parceria com órgãos que atuam na área social, porque é preciso monitorar esses adolescentes constantemente. “A maioria deles não tem experiência em empregos e desconhece regras básicas. Alguns não têm uma família bem estruturada, o que pode causar indisciplinas. Por isso, é preciso que sejam acompanhados de perto, que façam o curso de qualificação e que terminem a escolaridade básica. Daqui para frente, esses três contratados em Santo Antônio da Platina terão seus direitos respeitados, mas também terão que cumprir com seus deveres”, avisou.

A assistente social disse, ainda, que se um deles não cumprir com todas as exigências pode ser desligado da empresa. “Essa não é a intenção. Tudo será feito para que isso não aconteça, mas se for necessário, eles podem sim ser desligados”, explicou.

Miriam do Rocio comentou ainda, que os menores que trabalharem em empresas privadas, ou seja, que não precisam de concurso público para contratação, poderão até ser efetivados caso a direção da firma se interesse. “O importante é que esses adolescentes tenham oportunidades e que saibam aproveita-las. E seria muito bom que outras empresas da cidade abrissem suas portas para os adolescentes aprendizes”, concluiu.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Gladys Santoro Tribuna do Vale

Related posts

Comentar: Parceria garante inserção de adolescentes no mercado de trabalho

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596