quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Baleia jubarte com cerca de 15 metros é encontrada morta na praia de Matinhos

Baleia jubarte com cerca de 15 metros é encontrada morta na praia de Matinhos
Crédito da foto Para Fabiano Cardoso
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Os moradores de Matinhos, no litoral do Paraná, levaram um susto na manhã deste sábado (18), ao encontrar na praia uma baleia morta. O animal gigante é da espécie Jubarte e, segundo os moradores, deve medir cerca de 15 metros e pesar mais de 40 toneladas.

A baleia foi encontrada no Balnéario Costa Azul, já em estado de decomposição. O biólogo Fabiano Faria Cardoso, morador de Matinhos, disse que o animal deve ter morrido há dias. “O estado de decomposição está bastante avançado. Ela deve ter morrido há alguns dias e a maré a trouxe para a praia. Pelo menos de forma aparente, não há sinais de alguma agressão”, contou o biólogo à imprensa.

Por volta das 13 horas, um trator da prefeitura começou a recolher o animal. Até o momento, ninguém sabe como a baleia morreu. Os órgãos ambientais também não se manifestaram até o fechamento desta reportagem.

Jubarte

Os machos da espécie Jubarte costumam medir de 15 a 16 metros; as fêmeas, de 16 a 17. O peso médio é de aproximadamente 40 toneladas, sendo que o maior exemplar já visto possuía 19 metros.

É uma espécie protegida desde 1967 e a estimativa é de existam de 30mil a 65 mil indivíduos no mundo.

As baleias-jubarte costumam ser solitárias ou vivem em grupos efêmeros que duram apenas algumas horas. Os agrupamentos são mais estáveis no verão, quando cooperam entre si para fins alimentares.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Denise Mello

Notícias Relacionadas

Comentar: Baleia jubarte com cerca de 15 metros é encontrada morta na praia de Matinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125