Saturday, 27 de February de 2021

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Bens da Coplac vão a leilão

Bens da Coplac vão a leilão
Photo Credit To Esta é a segunda tentativa de vender o complexo graneleiro instalado no bairro rural da Platina - (Divulgação)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A Justiça Estadual da Vara Cível, fixou para as 13h30 do dia 8 de março o leilão público dos bens da antiga Cooperativa Platinense dos Cafeicultores (Coplac), que acontece no fórum judicial da Comarca Santo Antônio da Platina. Desativada há mais de 15 anos, a empresa enfrenta vários processos que se arrastam há muitos anos. Esta é a segunda tentativa de vender o complexo graneleiro instalado no bairro rural da Platina, localizado numa área total de mais de 108 mil metros quadrados, com valor estimado de R$ 6,2 milhões, mas com lance mínimo de R$ 3,1 milhões.

Os bens a serem leiloados compreendem um graneleiro convencional, construído em concreto com capacidade estimada de 400 mil sacas de 60 kg, mais 10 conjuntos de silos, para 200 mil sacas, casa de máquinas, moegas, balança rodoviárias, secadores, escritórios e loja de insumos.

Segundo o leiloeiro judicial Jorge Espolador, da JE Leilões, responsável pelo pregão, o comprador que arrematar o imóvel e toda estrutura nele instalada, pelo lance sugerido de R$ 3.113.298,49, assume o patrimônio livre de qualquer ônus. Pelas regras do leilão, o comprador pode adquirir à vista ou com entrada de 25%, mais 30 prestações.

Mesmo que fosse vendido pelo preço real de avaliação, R$ 6.226.596,98, o valor está muito longe do montante da dívida da Coplac com seus credores. Só com o Banco do Brasil (BB), um dos credores credenciados, a dívida chega a mais de R$ 14 milhões. Outro credor habilitado no processo é o advogado londrinense Omar José Badday, cujo valor não foi revelado.

Mas o bolo total da dívida da cooperativa é desconhecido. São dezenas de ações trabalhistas, tributárias, previdenciárias, com fornecedores e bancos. Só com o INSS existem sete penhoras sobre o mesmo imóvel que está sendo leiloado.

Bens a serem leiloados em Santo Antônio da Platina

1 – Imóvel industrial com 108.900 m² – Avaliação R$ 6.226.596,98 – Lance sugerido : R$ 3.113.298,49
2 – 12 imóveis com 200 m² cada – Avaliação individual R$ 25.066,37 – Lance Sugerido individual: R$ 12.533,18
3 – Imóvel com 298,83m² – Avaliação R$ 98.000,00 – Lance Sugerido: R$ 47.500,00
4 – 02 imóveis com 200m² cada – Avaliação R$ 25.184,01 – Lance sugerido: R$ 12.592,00

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Tribuna do Vale

Related posts

Comentar: Bens da Coplac vão a leilão

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596