domingo, 10 de dezembro de 2017

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Duke Energy leva cinema gratuito a alunos de Jacarezinho‏

Duke Energy leva cinema gratuito a alunos de Jacarezinho‏
Crédito da foto Para Assessoria
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

EM JACAREZINHO, CRIANÇAS RECEBEM SESSÕES GRATUITAS DE CINEMA

 

Média-metragem produzido com patrocínio da Duke Energy e participação da comunidade será exibido nesta quinta e sexta-feira

 

 

O projeto Circuito Estradafora segue itinerando pelos municípios paranaenses e nesta semana aporta em Jacarezinho. Com sessões gratuitas de cinema na quinta e sexta-feira, a ONG Teatro de Tábuas exibe o filme “Os segredos do rio” para crianças da rede pública de ensino. A iniciativa é patrocinada pela Duke Energy e o média-metragem conscientiza os espectadores sobre a importância do rio.

Em um espaço em frente ao Ginásio de Esportes será instalada a sala móvel de cinema – uma grande carreta, climatizada, com poltronas fixas, estrutura de som, iluminação e sinalização de segurança. 

“Os segredos do rio” foi desenvolvido pela ONG Teatro de Tábuas, a partir de pesquisas sobre lendas e identidades culturais realizadas junto às comunidades ribeirinhas, nos municípios vizinhos das hidrelétricas operadas pela Duke Energy no Rio Paranapanema.

“É o segundo filme produzido dentro do projeto Circuito Estradafora que teve a participação da comunidade, mediante parcerias com as prefeituras. Este envolvimento é importante para despertar o interesse e contribuir com a valorização da cultura ribeirinha”, destaca André Guimarães, da área de Relações Institucionais da Duke Energy.

 

Sinopse

A exibição do média-metragem  dá continuidade ao processo de criação que iniciou em março, com a realização de seis oficinas culturais ministradas pelo Teatro de Tábuas nos municípios paulistas de Ibirarema, Palmital e Ourinhos, e nos paranaenses Itambaracá, Andirá e Jacarezinho. Com o patrocínio da Duke Energy, em cada oficina foram construídas as maquetes que serviram de cenário para a animação.

 

“Participar da primeira etapa deste projeto, que foi a oficina, despertou um interesse ainda maior pelo filme, como resultado final dos trabalhos com as maquetes. Ficamos lisonjeados por colaborar na produção deste filme e nosso município recebe com muita alegria cada iniciativa da Duke Energy e Teatro de Tábuas, que vem para acrescentar conhecimento cultural às nossas crianças e comunidade em geral”, enfatiza a diretora geral do Departamento de Cultura, Suzana Bett Bagio.

 

A produção é uma diferente mistura. Realidade e desenho se unem para contar uma misteriosa história, onde o rio não é apenas um caminho que alimenta a vida de muitas espécies, ecossistemas e áreas urbanas, mas a natureza poderosa de suas águas também sustenta a imaginação das pessoas.

 

Na criação, o Rio Paranapanema ganha vida ao transmitir medos, crendices, bênçãos e alegrias às pessoas que convivem bem próximas dele. Baseando em depoimentos de vários contadores de causos e lendas da região do Paranapanema, o rio se transformará em personagens para contar as histórias do Cavaleiro Negro, das lavadeiras e da grande fábrica.

 

Primeiro filme

Em 2014, o projeto Circuito Estradafora exibiu a fábula “As viagens de Jerê” em dez cidades situadas nas proximidades do Paranapanema. Da mesma forma, a produção contou com a participação da comunidade, que protagonizou histórias e aprovou o resultado da iniciativa ao assistir a peça pronta.

 

A Duke Energy Brasil opera e administra oito usinas hidrelétricas instaladas ao longo do rio Paranapanema e duas pequenas centrais hidrelétricas no rio Sapucaí-Mirim, com um total de 2.274 megawatts (MW) de capacidade instalada. Em 2014, a companhia gerou de 11,2 milhões de MWh, energia suficiente para abastecer 5,6 milhões de famílias ou 22 milhões de habitantes. Com cerca de 300 empregados no país, a Duke Energy Brasil representa o maior investimento internacional da norte-americana Duke Energy Corp., a maior companhia de serviços públicos dos Estados Unidos.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Assessioria

Notícias Relacionadas

Comentar: Duke Energy leva cinema gratuito a alunos de Jacarezinho‏

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125