Thursday, 3 de December de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Empresa argentina busca novas soluções tecnológicas do Tecpar em Jacarezinho

Empresa argentina busca novas soluções tecnológicas do Tecpar em Jacarezinho
Photo Credit To Amanda C. Cordeiro
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Representantes de uma empresa argentina de produtos agrícolas se reuniram com técnicos do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) para conhecer as soluções tecnológicas do instituto na área de microbiologia agrícola. Na ocasião, os representantes da Rizobacter demonstraram interesse em construir uma fábrica de inoculantes biológicos para soja no País, em especial no Paraná.
 
De acordo com a gerente do Centro de Tecnologias em Saúde e Meio Ambiente, Daniele Adão, o Tecpar pode ser um parceiro para trazer uma unidade da Rizobacter ao Paraná, tendo em vista que hoje a empresa atua no Brasil apenas com um centro de distribuições. “Oferecemos a eles a oportunidade de se instalarem no Parque Tecnológico do Norte Pioneiro, em Jacarezinho, unidade de negócios do Tecpar que tem a vocação de dar suporte ao desenvolvimento de empresas agrícolas”, destaca Daniele.
 
Em relação às soluções tecnológicas, a Rizobacter demonstrou interesse naquelas oferecidas pelo Tecpar na área de inoculantes biológicos, materiais que contêm micro-organismos fixadores de nitrogênio e atuam no desenvolvimento das plantas. O instituto desenvolve ensaios nesta área, realizando contagem de células viáveis e analisando a carga de contaminantes nos produtos.
 
Um dos pilares do Tecpar, o Desenvolvimento Tecnológico engloba, na área agrícola, ensaios físicos, químicos e biológicos para verificar a qualidade de fertilizantes, biofertilizantes, corretivos agrícolas, inoculantes, agrotóxicos e resíduos de agrotóxicos em alimentos.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Agência Estadual de Notícias

Related posts

Comentar: Empresa argentina busca novas soluções tecnológicas do Tecpar em Jacarezinho

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596