Thursday, 26 de November de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Entidades do Norte Pioneiro são beneficiadas com certificado do governo federal

Entidades do Norte Pioneiro são beneficiadas com certificado do governo federal
Photo Credit To William Bilches
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Os cabelos brancos e algumas dificuldades são poucos sinais da idade da dona Alzira Nazaré, que vive no asilo Lar São Vicente de Paulo, de Jacarezinho, há 37 anos. Dentre os 59 idosos da entidade, a história dela fascina todos os funcionários do local. Dois desejos dessa guerreira são receber mais visitas, porque às vezes ela fica meio solitária, e que as pessoas ajudem mais o asilo.

Nesta segunda-feira (6), a dona Alzira e seus companheiros de jornada receberam uma conquista, anunciada pelo deputado federal Diego Garcia, em visita ao asilo. Com o apoio do parlamentar, quatro instituições do Norte Pioneiro poderão economizar até R$ 8 mil, por mês, graças a um certificado que ele conseguiu junto ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome.

Além do Lar São Vicente de Paulo, também foram contemplados com o Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (CEBAS), o asilo Lar Dona Aracy Barbosa, de Andirá, o asilo Lar São Francisco de Assis, de Santo Antônio da Platina, e a Usina da Cidadania, de Bandeirantes.

Com o CEBAS, que tem validade de um ano, essas entidades da região irão ficar isentas de contribuições para a Seguridade Social, entre outros benefícios. De acordo com a coordenadora do asilo Lar São Vicente de Paula, Claudete Ferreira, a entidade vai economizar 50% da conta de água e luz, por exemplo. “Recebemos idosos com todo tipo de necessidade, por isso precisamos de muita ajuda. Nós tentávamos conseguir esse certificado desde 2010. Essa isenção contribuirá muito com a manutenção do asilo”, agradeceu.

A luta de Diego Garcia em prol dos lares vicentinos começou bem antes dele se eleger deputado. “Estou envolvido com essa causa há anos e essa é uma bandeira do meu mandato. O que eu puder fazer pelos asilos e outras entidades, não medirei esforços para realizar”, destacou.

Outras entidades devem ser agraciadas com o certificado neste semestre. As pessoas jurídicas de direito privado, sem fins lucrativos, reconhecidas como entidades beneficentes de assistência social e que prestem serviços nas áreas de assistência social, saúde ou educação podem receber o CEBAS.

Exemplos de superação

Dona Alzira tem um sonho: que o mundo seja mais solidário. Com um sorriso contagiante, a senhora de 82 anos, que tem uma energia de dar inveja, conta que teve uma vida de instituição. Quando criança, ela morou em um orfanato, mais tarde se dedicou como empregada em casa de família. Em 1978, quando as coisas ficaram difíceis, ela escolheu ir para o asilo, onde vive até hoje.

História semelhante teve o senhor José Benedito Pereira, que há 27 anos não recebe visita de seus familiares no asilo Lar São Francisco de Assis, de Santo Antônio da Platina. Segundo a irmã Luzia de Fátima Ribeiro, coordenadora do asilo, o senhor de 77 anos é indigente. “Desde que ele chegou aqui sem nenhum documento, não encontramos um parente dele”, observou.

A irmã Luzia explica que o certificado trouxe muitos benefícios ao asilo. “Vai isentar o INSS dos funcionários. Com essa economia, poderemos comprar uma ou duas camas por mês para os idosos. Poderemos dar mais qualidade de vida para eles”, acrescentou.

Usina da Cidadania

Crianças e adolescentes de 07 a 17 anos, em situação de vulnerabilidade social, participam do Projeto Usina da Cidadania, coordenado pelo Roberto Casali Pavan. A entidade desenvolve projetos de educação, saúde, cultura, esporte, recreação e lazer, para cerca de 50 jovens, em Bandeirantes. Há três anos, a Usina da Cidadania tentava conseguir o CEBAS.

Para ajudar essas entidades, entre em contato pelos seguintes telefones:

Andirá – Lar dos Velhinhos Dona Aracy Barbosa (043 35383835)

Jacarezinho – Lar São Vicente de Paulo (04335250931)

Santo Antônio da Platina – São Francisco de Assis (04335341413)

Usina da Cidadania Bandeirantes – Usina da Cidadania (0433549 1168)

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : William Bilches

Related posts

Comentar: Entidades do Norte Pioneiro são beneficiadas com certificado do governo federal

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596