sábado, 17 de Fevereiro de 2018

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Maurício deixa em caixa R$6,6 milhões

Maurício deixa em caixa R$6,6 milhões
Crédito da foto Para Geraldo Maurício Araújo ficou à frente da prefeitura por dois mandatos consecutivos de 2009 a 2016 / Foto: Antônio de Picolli
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O atual prefeito de Ribeirão Claro, Mário Augusto Pereira (PSC), pode ser classificado como privilegiado num momento em que o país vive uma de suas piores crises. Ele assume a gestão de seu município com mais de R$6,6 milhões em caixa e uma administração totalmente saneada, sem dívidas e com todas as certidões para obtenção de novos recursos.

A informação faz parte de um documento encaminhado à Tribuna do Vale, pelo ex-prefeito Geraldo Maurício Araújo (PV), no qual faz uma prestação de contas. Ele explica que o saldo em caixa deve ser acrescido de outros valores que entraram nas contas do município após fechamento das operações bancárias, impossibilitando sua contabilização.

Do saldo disponível de R$6.640.465,44, o atual prefeito herda um montante de R$4.469.105,27 denominados recursos livres, ou seja, a administração poderá optar no que investir. O restante são recursos de convênios com o Estado e União.

Maurício assinalou que o balanço apresentado durante a transmissão de cargo foi acompanhado pela equipe de transição do prefeito que assume a administração. “Atendemos a todas as exigências e demandas de informações, num clima de respeito e hospitalidade”, observou.

O ex-prefeito fez questão explicar à comunidade que realizou todas as licitações programadas até o final da sua gestão no sentido de evitar que o município viesse a ser prejudicado por perdas de recursos e convênios. “Provavelmente por mal entendido do atual prefeito, ele ingressou na justiça pedindo a suspensão de tais procedimentos alegando que as concorrências poderiam onerar o município e comprometer o início de sua gestão”, explicou.

O estranho, na opinião do ex-prefeito é que as licitações ocorreram conforme a legislação e acompanhadas por membros da comissão de transição nomeados pelo novo prefeito. Isso acabou comprometendo a licitação para compra de dois carros para a Apae e os equipamento da lavanderia do asilo. Por conta disso, o processo somente poderá ser homologado em 2017, com risco de comprometer a transação de compra dos bens, lamenta. Vale salientar que a justiça negou o pedido de liminar formulado por Mário Pereira.

Confronto

Maurício Araújo lamentou o clima de confronto que se estabeleceu em Ribeirão Claro nas eleições deste ano. Para ele, o embate político é normal numa democracia plena, o que não se concebe numa disputa política são as provocações, insultos, ameaças, que fogem da razoabilidade, transformando adversários políticos em inimigos. Esse clima de animosidade, na visão de Maurício, não pode continuar, salientando a disputa termina com a eleição e, a partir da posse dos novos governantes, deve-se imperar a paz e serenidade, com todos voltados ao objetivo comum que é a comunidade.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Por Benedito Francisquini

Notícias Relacionadas

Comentar: Maurício deixa em caixa R$6,6 milhões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125