quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Paraná: Motorista que teria provocado acidente que matou família não resiste e morre no hospital

Paraná: Motorista que teria provocado acidente que matou família não resiste e morre no hospital
Crédito da foto Para Imagem Ilustrativa
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O motorista do veículo Astra, apontado por testemunhas como sendo o responsável do acidente que terminou com uma família morta, não resistiu e morreu no Hospital do Trabalhador, em Curitiba, no final da manhã de domingo (10). Segundo as testemunhas, ele apresentava sinais de embriaguez e teria invadido a pista contrária. Além dele, morreram no acidente uma mulher de 42 anos e os dois filhos, de 20 e 22. A batida aconteceu quilômetro 148 da BR-116, em Mandirituba, na região metropolitana, na noite de sábado. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as vítimas teriam ido a um mercado de Fazenda Rio Grande para comprar produtos para o almoço deste domingo, mas ao retornarem para casa, acabaram atingidos por um veículo Astra. Segundo o que testemunhas contaram à PRF, o motorista do Astra teria invadido a pista contrária e provocado a colisão contra o Gol da família. Ele foi encaminhado em estado grave ao pronto-socorro. Segundo testemunhas, ele apresentava sinais de embriaguez. Estavam no carro Héber Alves Moro, que dirigia o carro, a mãe, Patrícia Alves Moro, e a irmã Helen Alves Moro. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Banda B

Notícias Relacionadas

Comentar: Paraná: Motorista que teria provocado acidente que matou família não resiste e morre no hospital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125