terça-feira, 25 de Fevereiro de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Ribeirão Claro tem opções para quem procura tranquilidade e aventura

Ribeirão Claro tem opções para quem procura tranquilidade e aventura
Crédito da foto Para Foto: Diógenes Gonçalves
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O principal atrativo ainda é a represa Xavantes, no entanto Ribeirão Claro oferece outras opções para quem está em busca de sossego e para aqueles que preferem um pouco mais de emoção e adrenalina.Para quem quer calma, é possível acampar ou alugar casas ou quartos em pousadas ou hotéis no perímetro urbano ou zona rural. Para passar o tempo, pescaria, banhos na represa ou no rio Paranapanema ou visitas a pontos turísticos. Entre as alternativas mais radicais, caminhadas ou ciclismo em trilhas, voo livre e rapel.

Destino de milhares de turistas e visitantes nessa época do ano, a cidade tem um leque considerável de opções.É possível se hospedar pagando diárias entre R$ 86 e R$ 440 por pessoa, com a Pousada Victor (www.pousadavictor.com.br), Pousada Ruvina, Fazenda Platina, Fazenda Monte Belo, Recanto da Cascata (www.recantodacascata.com) e Tayayá Aquaparque Hotel e Resort (www.tayaya.com.br) como opções. Para camping, o destino mais procurado é a Prainha da Cachoeira. As distâncias podem ser consultadas no infográfico no final da matéria.

Todos os empreendimentos hoteleiros contam com restaurante e alguns também possuem bar e lanchonete. É o caso da Pousada Victor, Recanto da Cascata e Tayayá, onde o visitante pode escolher entre pizza, lanches e porções, entre outros pratos. Também existem estabelecimentos dentro do Perímetro Urbano, a no máximo seis minutos de carro.

Além da Represa Xavantes, o rio Paranapanema figura entre os destinos mais requisitados pelos turistas que querem se refrescar no calor e está localizado na divisa entre Ribeirão Claro e Chavantes – SP. Mas é preciso cuidado. Diferente da calmaria do lago, o rio tem correnteza forte e é perigoso se afastar a mais de três metros da margem. Além do banho, é possível conhecer uma das últimas pontes pênsis do país (Ponte Pênsil Alves de Lima), cartão-postal tombado pelo Patrimônio Histórico de São Paulo e Paraná.

Para os pescadores que possuem barco, a represa tem uma biodiversidade rica, de onde é possível tirar espécies como Pacu, Tilápia, Corvina, Tucunaré e Piranha. Para quem não tem embarcação, o Pesque e Pague Cachoeira oferece uma experiência semelhante. No local é possível alugar varas de pescar, iscas e ainda comer o peixe frito na hora. Quem não gosta de lançar o anzol, pode se deliciar com os Pacus e Corvinas pescados pelos funcionários do estabelecimento ou com filés de Tilápia comprados de fornecedores da região.

Trilhas e esportes radicais

A represa e os morros servem como moldura para os interessados em caminhadas ou passeios de bicicleta. A mais requisitada delas leva a um dos pontos turísticos mais visitados pelos fãs de esportes radicais. Trata-se da Rampa Pedra do Índio, antes conhecida como Rampa do Padilha. Dela decolam pilotos de paraglider e parapente vindos do Norte do Paraná e do Interior de São Paulo. O local sediou em 2015 a 1º Encontro de Voo Livre com mais de 200 participantes.

No grupo do Facebook ‘A Visão do Gavião’, os interessados podem se informar sobre custos, dias propícios para voo e entrar em contato com empresas e instrutores que oferecem passeios de paraglider, escalada de morros ou rapel. É uma das melhores alternativas para quem não possui os equipamentos necessários, mas gostaria de se aventurar nos esportes radicais.

Esfriar a cabeça longe da cidade grande

Tranquilidade e contato com a natureza. Esses foram os objetivos buscados pelo estudante Rodrigo Antunes de Toledo, 23 anos, de Bauru – SP. Ciclista nas horas vagas, veio com os pais para Ribeirão Claro após sugestão de um amigo. “Um amigo meu participou de um passeio ciclístico aqui em Ribeirão há uns dois anos e me deu a dica”, disse. “Estava planejando essa viagem desde quando ele me mostrou as fotos e os vídeos que ele fez”, lembra. As fotos do amigo ajudaram a convencer os pais, o Advogado Leandro Toledo e a professora Márcia Antunes. “Foi só mostrar as fotos e toparam na hora”, concluiu.

Infográfico:

Distância do perímetro urbano até os atrativos turísticos

Ponte Pênsil Alves de Lima–14km

Cascata Véu de Noiva –13km

Fazenda Platina – 9km

Fazenda Monte Belo – 2km

Recanto da Cascata –5km

Tayayá Aquaparque Hotel e Resort – 10km

Rampa Pedra do Índio –9km

Pousada Ruvina – 14km

Prainha da Cachoeira – 12km

Pesque e Pague da Cachoeira – 14km

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Foto: Diógenes Gonçalves

Notícias Relacionadas

Comentar: Ribeirão Claro tem opções para quem procura tranquilidade e aventura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596