terça-feira, 11 de Maio de 2021

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Santo Antônio da Platina salta de três para 12 casos confirmados de dengue

Santo Antônio da Platina salta de três para 12 casos confirmados de dengue
Crédito da foto Para Rua José Ritti, na Vila Ribeiro se tornou um lixão a céu aberto (Antônio de Picolli)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Embora a quantidade ainda seja baixa diante da epidemia de dengue que Santo Antônio da Platina enfrentou no verão passado, com mais de mil casos, o número de confirmações de agosto até o final da semana passada já subiu de três para 12 casos. O bairro mais atingido no momento é o Colorado, com quatro casos, seguido do Jardim Isaura e Parque Rennó, ambos com dois casos, Vila São Pedro com um, Jardim Ivone um, Bela Manhã um e Doutor Jamidas com um.

Os trabalhos da equipe do Departamento de Epidemiologia estão intensos e em várias vertentes, inclusive, com visitas nas casas de gestantes para orientá-las quanto ao risco de contaminação pelo vírus Zika, que também é transmitido pelo Aedes Aegypti e tem sido apontado pelos cientistas, como responsável pelo nascimento de crianças com microcefalia.

Segundo a enfermeira do Departamento de Epidemiologia de Santo Antônio da Platina, Josiane Teixeira, as Unidades Básicas de Saúde da cidade fizeram um levantamento do número de gestantes nos bairros de suas abrangências e os agentes de Saúde da Família estão visitando as casas, conversando com as gestantes, verificando se algumas delas apresentaram sintomas de contaminação da Zica e ajudando-as a reconhecer um criadouro do mosquito Aedes Aegypti.

Na Unidade Básica de Saúde da Vila Ribeiro há cerca de 150 gestantes, que se reúnem semanalmente com as enfermeiras responsáveis Beatriz Nogueira Rosa e Luana de Cássio Inácio, que além de ajuda-las com questões do dia-a-dia de uma gravidez, agora estão colocando na lista de prioridades os cuidados para evitar a contaminação do vírus da Zika. “Orientamos as grávidas a usar repelentes, a tentar manter o corpo coberto, colocar telas nas janeiras, manter os quintais limpos, mosquiteiro nos berços, enfim, são protocolos da dengue que cabem ao Zika, a diferença é que a gora estamos mantendo um olhar diferenciado para esse grupo de pessoas. Por enquanto não temos nenhuma suspeita de Zika na cidade”, disse.

O programa que atende as mães na Vila Ribeiro chama-se Doce Mãe e tem duração de três meses. Amanhã tem início novo grupo. As interessadas podem procurar a UBS. No final do curso, as grávidas ainda ganham um kit maternidade.

Epidemiologia

Além dos trabalhos voltados à destruição de criadouros do mosquito da Dengue, com busca ativa de larvas em quintais e terrenos estão sendo realizados mutirões, palestras em empresas e escolas, comandadas pelo chefe do departamento de Vigilância em Saúde, João Batista. A Equipe da Epidemiologia também está buscando apoio junto à sociedade platinense para combater o mosquito. Segundo a enfermeira Josiane Teixeira, será montada uma sala especial de enfrentamento da dengue. “Provavelmente, essa sala será no próprio gabinete do prefeito. Objetivo é gerenciar e monitorar, em parceria com Estados, as ações de mobilização e combate ao mosquito em todo o território nacional. Vamos tentar a colaboração de representantes de toda a sociedade platinenses, como Associações, Clubes de Serviço, Secretarias municipais, Policia Militar e Civil, Tiro de Guerra e até mesmo dos comerciantes. Vamos nos reunir semanalmente”, contou.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Gladys Santoro Tribuna do Vale

Notícias Relacionadas

Comentar: Santo Antônio da Platina salta de três para 12 casos confirmados de dengue

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596