sábado, 15 de dezembro de 2018

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Após dois anos de queda, comércio espera alta em 2017

Após dois anos de queda, comércio espera alta em 2017
Crédito da foto Para Comércio está otimista com a recuperação das vendas (foto: Franklin de Freitas)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) estima que o próximo Dia das Mães deve movimentar R$ 9,2 bilhões em vendas no País, um crescimento de 3,8% em volume de vendas — já descontada a inflação — na comparação com o ano anterior. Se confirmada, a data comemorativa volta a registrar crescimento real no faturamento após dois anos de queda. Em 2015 e 2016, as vendas variaram -0,4% e -9,0%, respectivamente.

Com a expectativa de incremento das vendas por parte dos varejistas, a contratação de trabalhadores temporários pelo setor deve apresentar ligeiro aumento neste ano (20,6 mil vagas), na comparação com o mesmo período de 2016 (20,1 mil vagas). Apesar da maior oferta de postos de trabalho, a taxa de efetivação deve se manter abaixo da média histórica de 5,5%.
De acordo com a CNC, os ramos de artigos de uso pessoal e doméstico e de móveis e eletrodomésticos devem ser aqueles mais procurados neste ano, apontando variações de +6,7% e +6,4% em volume de vendas, respectivamente, na comparação com o Dia das Mães anterior. Já para o setor de vestuário e calçados, principal ramo do varejo nessa data, com cerca de 40% do faturamento total, a previsão é de ligeira alta de 0,5% em comparação com 2016.
Preço — Apesar do otimismo do comércio com o Dia das Mães deste ano, uma outra pesquisa divulgada nesta semana pela Boa Vista SCPC, mostra que se a intenção de presentear a mãe subiu em 2017, o valor do presente vai influenciar diretamente. Segundo a pesquisa, o “preço, promoção ou desconto” é o quesito prinicpal na escoha do artigo para 43% dos consumidores.
A pesquisa também observou um crescimento de 6% na intenção dos entrevistados em de fato comprar presentes para este Dia das Mães, na comparação com 2016. Entretanto, quase metade disse que irá gastar a mesma quantia do presente do ano passado.
Coincidentemente, o valor médio dos presentes de um ano para outro se mantém em R$ 197. No entanto, entre os que disseram que irão gastar na faixa de preço de até R$ 200, houve um aumento de 48% para 55%.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Bem Paraná

Notícias Relacionadas

Comentar: Após dois anos de queda, comércio espera alta em 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596