terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Cohapar estuda construção de 100 casas populares em Cambará

Cohapar estuda construção de 100 casas populares em Cambará
Crédito da foto Para assessoria
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Na segunda-feira (3), o prefeito de Cambará, José Salim Haggi Neto visitou a sede da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), em Curitiba, por orientação do deputado estadual Pedro Lupion. O gestor e sua equipe foram atendidos pelo presidente da companhia, Abelardo Lupion, para pleitear novas moradias populares para o município.

“Vim agradecer ao Abelardo pela presteza e carinho que ele tem dado ao Norte Pioneiro e a Cambará. Apresentamos a demanda e o presidente prontamente confirmou que a equipe técnica estudará a construção de 100 novas moradias na cidade”, informa o prefeito.

Além de moradias na cidade, o gestor pretende pleitear casas para pequenos produtores da área rural. “Temos um projeto de nove casas em análise na Caixa Econômica Federal e vamos fazer um levantamento para avaliar se há a necessidade de novas construções”, relata o prefeito. O investimento previsto para as obras do empreendimento é de R$ 256 mil.

“Grande parte das riquezas produzidas no Paraná é oriunda da agricultura, por isso é preciso estimular a permanência destes trabalhadores no campo e o governo Beto Richa é um grande apoiador desta causa”, afirma o presidente da Cohapar.

Presença – Estiveram no encontro o diretor de Programas e Projetos da Cohapar, Orlando Agulham Junior, o vereador Marcos Tetinha, o procurador do município, Esli Arantes, e o secretário municipal de Saúde, Diego Domingues de Oliveira.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: assessoria

Notícias Relacionadas

Comentar: Cohapar estuda construção de 100 casas populares em Cambará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125