Friday, 25 de September de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Espetáculo “Um reino sem dengue” alcança mais de 10 mil crianças‏

Espetáculo “Um reino sem dengue” alcança mais de 10 mil crianças‏
Photo Credit To Iara Caldeira
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Com a proposta de conscientizar as crianças para o combate ao mosquito Aedes Aegypti, o espetáculo “Um Reino sem Dengue” foi apresentado a 10.069 alunos de escolas públicas de 25 municípios da Bacia do Paranapanema. Durante quatro semanas – de 28 de março a 19 de abril –sob o patrocínio da Duke Energy, por meio da Lei Rouanet, o projeto da Villa 7 Produções Culturais percorreu a região contando com a parceria das secretarias municipais de Educação e de Cultura das cidades visitadas.

De acordo com André Guimarães, gerente de Responsabilidade Social da Duke Energy, o objetivo foi atingido: informar e motivar as crianças, de maneira lúdica e interativa, para que atuem na luta contra o Aedes Aegypti.  “O público infantil é importante para multiplicar as informações na sociedade e também exercer

​ ​

um papel fiscalizador,contribuindo no combate ao mosquito transmissor da dengue e de outras doenças que ameaçam a população”, enfatiza Guimarães.

Sobre o projeto

O projeto consiste na encenação do livreto “Um Reino sem Dengue”, escrito por Alda de Miranda, por atores da Villa 7. Em sessões nas escolas, eles contam aos alunos, de maneira envolvente e divertida, a história de um reino invadido por um mosquito, onde os moradores precisam se unir para combater o inseto que é transmissor de doença.

 

A Duke Energy Brasil tem a concessão de oito usinas hidrelétricas instaladas ao longo do rio Paranapanema e duas pequenas centrais hidrelétricas no rio Sapucaí-Mirim. Juntas as duas operações são responsáveis por cerca de 2,3Gigawatts de capacidade total instalada e geram uma média de 12 milhões de MW/h por ano. Isso equivale a energia suficiente para abastecer quase 7 milhões de famílias ou 27 milhões de habitantes. Com cerca de 300 empregados no país, a Duke Energy Brasil representa o maior investimento internacional da norte-americana Duke Energy Corp.,a maior companhia de serviços públicos dos Estados Unidos.

 

A Villa 7 é uma produtora Cultural especializada em gestão de cultura e no desenvolvimento de projetos culturais utilizando as leis de incentivo fiscal.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Iara Caldeira

Related posts

Comentar: Espetáculo “Um reino sem dengue” alcança mais de 10 mil crianças‏

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596