quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Governo descarta sexto horário e diz que é praticamente certo aulas aos sábados

Governo descarta sexto horário e diz que é praticamente certo aulas aos sábados
Crédito da foto Para AEN
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O governo do Paraná descartou a possibilidade de as escolas estaduais realizarem uma sexta aula por dia, ao invés de cinco, para encerrar este ano letivo ainda em 2015. Segundo aSecretaria Estadual da Educação (Seed), a proposta da APP-Sindicato, que representa os professores, não dá conta de cumprir os 200 dias letivos previstos pela Lei de Diretrizes e Bases (LDB), que regulamenta a educação no país. A data limite para encerramento do ano letivo de 2015 é 07 de março de 2016.

normal_colegiogeraldinamota10

“Nós conversamos bastante com a APP, com os professores, e o governo percebeu que a sugestão da sexta aula limitou as nossas possibilidades. Infelizmente, não é possível realizar os 200 dias letivos e as 800 horas obrigatórias de conteúdo a partir desta proposta. As aulas aos sábados, no entanto, estão autorizadas, pelo menos em Curitiba”, explicou a superintendente da Seed, Fabiana Campos, em entrevista à imprensa na tarde desta quinta-feira (11).

As escolas da capital devem utilizar os 12 sábados disponíveis para repor 49 dias de aula perdidos com a greve da categoria. “Isso só não vai acontecer nos colégios em que o transporte escolar não pode atuar nos finais de semana, como acontece na Região Metropolitana e em outras partes do estado. A estimativa é que o ano letivo de 2015 termine no dia 25 de fevereiro de 2016 em várias instituições”, completou ela.

As férias de julho do ano que vem também devem ficar comprometidas, segundo o calendário de reposição. “Começando no dia 1º de março e sem nenhum recesso, o ano letivo de 2016 deve encerrar no dia 23 de dezembro, normalizando a situação para 2017”, concluiu a superintendente.

 

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Marina Sequinel e Luiz Henrique de Oliveira

Notícias Relacionadas

Comentar: Governo descarta sexto horário e diz que é praticamente certo aulas aos sábados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125