terça-feira, 17 de outubro de 2017

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Médicos orientam sobre cuidados com a hidratação na Primavera

Médicos orientam sobre cuidados com a hidratação na Primavera
Crédito da foto Para (foto: Arquivo Bem Paraná)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A primavera vai começar na próxima sexta-feira, dia 23 de setembro. Segundo as previsões do tempo, é provável que a estação neste ano seja marcada pelos efeitos do fenômeno La Niña, caracterizado pelo prolongamento do frio e pela redução das chuvas no Sul do Brasil, além de um período seco mais longo no Sudeste e no Centro-Oeste.

Mauro Scharf, endocrinologista e diretor médico da Unimed Laboratório, afirma que a principal recomendação para os dias secos é tomar bastante água. “Com a umidade do ar baixa, é comum as pessoas sentirem irritação na garganta, no nariz e nos olhos, principalmente quem já tem doenças respiratórias como asma, rinite alérgica ou bronquite crônica. E a hidratação ajuda a aliviar esta irritação”, descreve.

O médico relata que este fenômeno acontece devido ao acúmulo de poluentes, já que os gases tóxicos não conseguem se dispersar na atmosfera. E Scharf alerta que crianças e idosos são os mais afetados pela baixa umidade do ar e, por isso, devem receber uma atenção ainda maior. “O ideal é que seja incentivada a ingestão de bastante água, cerca de dois litros ao dia, para todos os públicos. Além disso, o consumo de sucos naturais feitos de maneira adequada, e também de água de coco”, afirma.

Para diminuir o ressecamento da pele, as dicas de Scharf são evitar banhos com água muito quente e usar creme hidratante. O médico atenta para o fato de manter a higiene doméstica, evitando o acúmulo de poeira, que desencadeia problemas alérgicos.

A alergista e médica cooperada da Unimed, Tsukyio Kamoi, também alerta que as alergias ficam mais frequentes nesse período, principalmente para as pessoas que sofrem de alergias ao pólen e muitas vezes precisam ser avaliadas, receber orientações para controle ambiental e, por vezes, serem tratadas com medicamentos.

Para dias muito secos, o médico sugere a umidificação do quarto. “Isso pode garantir uma noite de sono tranquila. Mas é importante cuidar para que o ambiente não fique úmido demais, de modo que favoreça o crescimento de fungos”, reforça. Para Mauro Scharf, a bacia de água ou a toalha úmida no quarto são as opções mais seguras. Caso opte por um vaporizador, manter a água bem limpa, para não contaminar e aumentar o número de bactérias no ambiente. Outra opção mais sofisticada são os umidificadores de ar em que é possível regular a umidade. Neste caso, o ideal é programar a umidade para ficar entre 55% e 60%.

Nariz e olhos

Quanto ao nariz, Scharf lembra que lavar as narinas com soro fisiológico auxilia na diminuição do desconforto. O ideal, de acordo com o médico, é escolher as soluções fisiológicas, que têm a mesma concentração dos líquidos corporais, e não apenas usar água pura ou soro caseiro.

Para diminuir a ardência nos olhos, Scharf orienta a evitar coçar os olhos e higienizar bem as mãos antes de tocá-los, principalmente no caso das pessoas que usam lentes de contato. Uma forma de alívio é o uso de colírios do tipo lágrima artificial, que não precisam de prescrição. “Mas cuidado com a automedicação com colírios vasoconstritores, que têm princípios ativos que, usados indiscriminadamente, até ressecam mais o olho”, diz.

O diretor médico lembra que, quando o clima está seco, as lágrimas também evaporam mais, o que faz com que as pessoas tenham a sensação de olho seco. “O olho seco fica mais vulnerável a alergias e a conjuntivites. E o ar-condicionado agrava ainda mais a situação”, finaliza.

 

Sobre a Unimed Laboratório

A Unimed Laboratório é uma rede laboratorial, com unidades de coleta distribuídas nos principais pontos de Curitiba e Região. Uma estrutura completa para cuidar da saúde e do bem-estar com a qualidade de serviços e de atendimento Unimed. A megaunidade da Unimed Laboratório (Av. Iguaçu, 1815, Água Verde) proporciona a visualização do local no qual as análises são realizadas, ambiente próprio para crianças, equipamento especial para encontrar veias difíceis na coleta de sangue, pesquisa de qualidade on-line e café especial para o desjejum. Mais informações no site www.unimedlab.com.br

 

 

Visite o nosso site

 

Aline Cambuy
Talk Assessoria de Comunicação
(41) 3018-5828

Celular/ Whatsapp (41) 9968-0106
www.talkcomunicacao.com.br
http://blog.talkcomunicacao.com.br/

www.twitter.com/talkcomunicacao

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Bem Paraná com assessoria

Notícias Relacionadas

Comentar: Médicos orientam sobre cuidados com a hidratação na Primavera

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125