Sunday, 7 de March de 2021

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Quadrilha especialista em “gato” para TV é presa comprar também é crime

Quadrilha especialista em “gato” para TV é presa comprar também é crime
Photo Credit To Foto: Divulgação Polícia Civil
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Quatro membros de uma quadrilha especializada em instalações “gato” para TV a cabo foram presos na tarde de quarta-feira (8), em Curitiba. De acordo com a polícia, eles já vinham agindo há algum tempo, tanto que mais de 200 decolders foram apreendidos na sede em que costumavam realizar o serviço, localizada no bairro Fazendinha.

De acordo com o delegado Matheus Laiola, o serviço consistia em venda pela internet e futuros reparos no retorno de sinal. “Eles entregavam pessoalmente ou por correios e cobravam um valor de R$ 600. Os aparelhos são originais da empresa, provavelmente oriundos de algum desvio”, explicou.

Dois dos golpistas foram presos no bairro Hauer enquanto a polícia realizava as investigações. Com a prisão, os policiais encontraram o local em que eles agiam, no bairro Fazendinha. No total, o prejuízo à empresa Net pode chegar a R$ 250 mil.

Valter Moraes Schichl, de 23 anos, Luciano Sitoni Ribeiro Pessoa, 24, Adilson Schichl, 43, e Serginei Aparecido Oliveira, 31, foram autuados por formação de quadrilha, pirataria e receptação qualificada. Eles agora ficam à disposição da Justiça no 7° Distrito Policial.

Comprar também é crime

De acordo com o delegado, usuários que compram um decolder pirata também podem ser responsabilizados por ação criminosa. “Os clientes podem ser responsabilizados por receptação, uma vez que adquiriram um produto roubado”, explicou.

Quem utiliza pode pegar até quatro anos de prisão.

Assista como funcionava o esquema no player abaixo:

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Felipe Ribeiro e Antônio Nascimento

Related posts

Comentar: Quadrilha especialista em “gato” para TV é presa comprar também é crime

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596