quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Revisão elétrica precisa ser feita a cada dez anos

Revisão elétrica precisa ser feita a cada dez anos
Crédito da foto Para imagem ilustrativa google imagens
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Quando se fala em manutenção de um imóvel, o que vem à cabeça são uma nova pintura, reparos no telhado ou a troca de um piso. Quase ninguém se lembra das instalações elétricas. Como ficam embutidas nas paredes ou forros das casas e comércios, acabam passando despercebidas. Mas a fiação envelhece, a camada isolante resseca e perde a propriedade isolante, o que pode provocar fuga de energia, com risco de curto-circuito e até incêndio.

Além do desgaste natural pelo uso, sempre é bom lembrar que nos últimos 20 anos os equipamentos domésticos se multiplicaram, mas poucas pessoas tiveram o cuidado de modernizar, da mesma forma, a infraestrutura das residências para suportá-los.

Por isso, tão importante quanto fazer o planejamento do projeto elétrico, é revisar as instalações elétricas a cada dez anos, em média.

Segundo especialistas, boa parte dos incêndios em casas e apartamentos são causados por problemas na rede elétrica doméstica. E muitas destas ocorrências são desencadeadas pelo mau uso de equipamentos, como a mania do brasileiro de uar os chamados benjamins, aquelas tomadas com várias saídas.

No Paraná, anualmente, os bombeiros atendem em média 4.500 casos de incêndios em edificações, ou 12 casos todos os dias. No ano passado foram 4.507 incêndios em edificações em todo o Estado, número semelhante do de 2015, quando foram 4.513 casos. As estatísticas não mostram as causas destes incidentes, mas os bombeiros afirmam que boa parte tem a ver com as instalações elétricas mau usadas ou deficientes.

Cinco indícios que mostram que a fiação precisa de manutenção

A tomada esquenta quando o eletrodoméstico está em funcionamento?
Isso é sintoma de sobrecarga na rede. O problema, em geral, está nos condutores elétricos, antigos ou muito finos para o equipamento em questão

O eletrodoméstico está dando choque?
É uma indicação de fuga de energia. Faça um teste retirando todos os aparelhos das tomadas e aguarde 15 minutos. Caso o relógio de medição continue girando é melhor chamar um eletricista para encontrar a origem e resolver a fuga de energia

Suas tomadas têm três pinos?
Embora dê um pouco de trabalho, vale a pena trocar as tomadas pelo modelo de três pinos. Seu nome correto é 2P+T, ou seja, dois pinos mais o terra, que correspondem aos condutores fase, neutro e terra. Tornou-se obrigatório em instalações elétricas desde 2009

Seu imóvel possui aterramento?
O aterramento é feito por um cabo ou fio verde/amarelo que percorre todas as tomadas da residência ou comércio e é ligado ao chão por meio de uma haste metálica, geralmente cobre, que é altamente condutor

O plugue não cabe na tomada?
Os plugues são fabricados em dois diâmetros: 4mm para corrente nominal de 10 ampères e 4,8mm para os que possuem 20 ampères, o que impede que aparelhos de maior potência sejam ligados em tomadas não compatíveis. Portanto, não insista se o plugue não estiver entrando na tomada

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Fonte: Tramontina

Notícias Relacionadas

Comentar: Revisão elétrica precisa ser feita a cada dez anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125