quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Sites viram instrumento no Natal da “pechincha”

Sites viram instrumento no Natal da “pechincha”
Crédito da foto Para Ana Ehlert
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Este definitivamente será o Natal da pechincha. Pesquisas mostram que o consumidor, além de gastar menos (5,5% em relação ao valor médio unitário), vai também comprar menos presentes neste ano. Por isso, a dica “pesquise antes de comprar” tem um significado ainda maior neste ano. E os sites de compraração de preços podem garantir, no mínimo, economia de sola de sapato.

As conversas com as vizinhas e amigos sobre onde compraram tal produto mais em conta migrou para o mundo digital. Com a internet, a população passou a pesquisar os melhores preços nas lojas online e e-commerce, e a negociar em chats e redes sociais.

Neste ponto, os aplicativos gratuitos e sites podem ajudar, como no caso do próprio Dica de Preço (http://www.dicade preco.com.br/), que funciona como uma rede social e um comparador, onde o consumidor pode trocar informações com outros usuários e também ver em tempo real os produtos que lhe interessam e estão com as maiores ofertas no momento. Mas sem dúvida, somente isto não basta.

Outro site que pode ajudar é o www.reduza.com. A mágica por trás da Reduza é essa: o internauta cola no campo de busca da ferramenta o link do item desejado; se o sistema da startup localizar ofertas mais em conta na mesma loja.


Rápida

Descontos

Atualmente, 78% das pessoas afirmam que passaram a pedir mais descontos nos últimos meses, o que é um número bem superior comparado a outros países da América Latina e também do próprio Brasil em anos anteriores.


E-commerce

67%

dos internautas

brasileiros realizaram algum tipo de compra online nos últimos 12 meses. Neste universo de consumidores online, 51% afirmaram ter adquirido produtos somente em sites brasileiros; 45% compraram tanto domesticamente quanto em outros países; e 4% só fizeram negócios cross-border. Os dados são da pesquisa Ipsos/PayPal sobre o perfil do consumidor online

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Ana Ehlert

Notícias Relacionadas

Comentar: Sites viram instrumento no Natal da “pechincha”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596