sexta-feira, 18 de junho de 2021

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Slash toca Guns e anima fãs com solos de guitarra de até 10 minutos em SP

Slash toca Guns e anima fãs com solos de guitarra de até 10 minutos em SP
Crédito da foto Para Foto: Divulgação/ Ricardo Matsuliawka
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Slash voltou a São Paulo. Mas, desta vez, o guitarrista veio sem o grupo que o consagrou, o Guns N’ Roses. Ao lado da banda Myles Kennedy & The Conspirators, ele fez show da turnê Living the Dream na noite deste sábado (25), no Espaço das Américas, zona oeste da capital.

 O astro do rock se manteve por mais de duas horas no palco com o vocalista Myles Kennedy, o baixista Todd Kerns, o guitarrista Frank Sidoris (guitarrista) e baterista Brent Fitz, que se apresentou com uma camisa do Brasil.
Foto: Divulgação/ Ricardo Matsuliawka

Com muitos riffs, Slash percorreu sua carreira sem o Guns com músicas bem conhecidas pelos seus fãs. “Back From Cali”, “Doctor Alibi”, “By the Sword” e “Starlight” figuraram no setlist junto a canções do novo disco “Living the Dream”, lançado em setembro de 2018 -entre elas, “The Call of the Wild”, “Boulevard of Broken Hearts”, “My Antidote” e “Serve You Right”.

A guitarra, claro, era o instrumento

de maior destaque na noite. Slash dedilhava o instrumento de diversas maneiras e ia de um lado para o outro no palco. Em “Wicked Stone”, um dos pontos altos do show, com o artista fazendo um solo de cerca de 10 minutos seguidos.

A banda ainda incluiu no setlist “Nightrain”, do álbum “Appetite for Destruction”, um dos álbuns clássicos do Guns N’ Roses, lançado em 1987, que ainda tem sucessos como “Welcome to the Jungle”, “Paradise City” e “Sweet Child O’ Mine”.

O evento na capital paulista foi o quarto na agenda que conta com oito compromissos no Brasil. Depois de passar por Porto Alegre, Florianópolis e Curitiba, eles ainda vão a Uberlândia (27/5), Brasília (29/5), Recife (1º/6) e Fortaleza (3 de junho).

Os ingressos custam de R$ 90 a R$ 600 e ficam disponíveis nos sites ingressorapido.com.br, ingressando.com.br e tudus.com.br.

Slash no Brasil

27 de maio – Uberlândia (Arena Sabiazinho)
29 de maio – Brasília (Opera Hall)
1º de junho – Recife (Classic Hall)
3 de junho – Fortaleza (Centro de Convenções do Ceará)

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: FOLHAPRESS Por Amon Borges

Notícias Relacionadas

Comentar: Slash toca Guns e anima fãs com solos de guitarra de até 10 minutos em SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596