quarta-feira, 17 de julho de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Amunorpi quer a volta dos prefeitos que se desligaram

Amunorpi quer a volta dos prefeitos que se desligaram
Crédito da foto Para O presidente da Amunorpi, Sérgio Rodrigues, diz que o momento é de união e fortalecimento – Foto: Antônio de Picolli / Arquivo
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O presidente da Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi), prefeito de Pinhalão, Sérgio Inácio Rodrigues (PDT), está fazendo uma campanha junto aos cinco prefeitos que se desligaram da entidade nos últimos anos, para que voltem a integrar a instituição, que na sua avaliação, vive um momento histórico, com sua reorganização e fortalecimento.   “Chegou a hora de mostrarmos ao Norte Pioneiro a importância da Amunorpi no desenvolvimento da nossa região, gostaria muito que os municípios que deixaram a Associação por problemas do passado viessem participar dessa primeira reunião e tirassem suas conclusões para que se unam novamente para termos forças frente aos governos estaduais e federais e lutarmos juntos pelos nossos projetos regionais”, manifestou em postagem nas redes sociais, referindo-se à reunião que acontece na manha desta sexta-feira (29), na sede do Sesc/Senac, em Jacarezinho.

 Ele fez referência ao lançamento do projeto de um plano regional de desenvolvimento sustentável, que será coordenado pelo ex-secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, professor e jurista Nildo José Lubke. “Os desafios são muitos, mas se não dermos o primeiro passo isso jamais acontecerá. Precisamos lembrar que o desenvolvimento dos municípios depende do desenvolvimento regional. Saúde, rodovias, indústrias e agronegócio são as principais demandas não as únicas. Juntos podemos mudar essa realidade”, conclamou. Os municípios que estão fora da Amunorpi são: Abatiá, Guapirama, Ibaiti, São José da Boa Vista e Wenceslau Braz.

Nova realidade

Nildo Lubke, por sua vez, lembra que no início deste ano a Assembleia Legislativo do Paraná (Alep) aprovou um Projeto de Emenda Constitucional (PEC), que ele elaborou a pedido de Ratinho Junior (PSD), quando ainda ocupava uma das cadeiras do legislativo, amplificando a importância das associações municipalistas e os consórcios intermunicipais na condução de projetos regionais.

A PEC instrumentalizou ferramentas jurídicas tornando possíveis as aquisições e contratações de serviços e equipamentos, antes restringidos pela legislação. Para ele, fora das associações e consórcios, os prefeitos terão muita dificuldade de acesso aos recursos públicos na esfera da administração estadual e isso explica a necessidade imediata de aderirem a essas entidades.

Pauta da Amunorpi

O encontro dos 22 prefeitos da Amunorpi terá início a partir das 9h30, desta sexta-feira (29), no auditório do Sesc/Senac, em Jacarezinho, para a realização da primeira reunião ordinária da instituição, tendo como um dos principais temas da ordem do dia, o lançamento do projeto de elaboração de um Plano Regional de Desenvolvimento Sustentável.

A reunião da Amunorpi apresenta uma agenda extensa, com assuntos importantes, como a palestra da promotora de justiça, Kele Cristiani Diogo Bahena, coordenadora do Gepatria – Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate a Improbidade Administrativa, com sede em Santo Antônio da Platina.

Os prefeitos terão contato, ainda, com Everton Albuquerque, da Gomes de Freitas Sociedade de Advogados, que vai discorrer sobre gestão de projetos. Finalizando, Gláucia Rolim, da faculdade Pólis Civita, falará sobre a proposta de educação continuada em governança municipal.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Tanosite

Notícias Relacionadas

Comentar: Amunorpi quer a volta dos prefeitos que se desligaram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596