Friday, 4 de December de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Apenas um município da região ainda não sancionou Plano de Educação

Apenas um município da região ainda não sancionou Plano de Educação
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Um levantamento feito pela empresa Wendy Comunicações no site do Ministério da Educação (MEC) revelou que das 26 cidades pertencentes à Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (AMUNORPI) apenas a Curiúva ainda não teve a lei sancionada do Plano de Educação. No site federal está explicado que no local já foi realizada uma Consulta Pública.

No mesmo endereço eletrônico é destacado através de um mapa que cerca de 10% das cidades do Paraná perderam o prazo para sancionar o Plano, exigência para receber recursos de transferências voluntárias do MEC. O prazo terminou na quarta-feira, 24 de junho, e cada cidade teve o prazo de um ano para elaborar.

O Plano Municipal de Educação do Município tem como objetivo nortear as metas, ações e estratégias previstas para o período de sua execução que vai de 2015 até 2025, na busca da garantia da qualidade do ensino e do atendimento da clientela das Escolas de Educação Infantil que atende crianças de 0 até 5 anos, das Escolas Municipais do Ensino Fundamental do 1º ao 5º anos e da Educação de Jovens e Adultos/Fase I do 1º ao 5º anos.

Em Tomazina o prefeito Guilherme Cury destacou a participação da Secretaria Municipal de Educação que fizeram as alterações necessárias para a aprovação da Câmara Municipal. “A Lei 388/2015 foi publicada com vários dias de antecedência do prazo estipulado. Isto demonstra o empenho de toda a equipe em prol desta melhoria”, argumenta o prefeito de Tomazina.

Outro município que teve o Plano aprovado pelo Poder Legislativo e sancionado pelo prefeito Sérgio Eduardo de Faria, Dr. Sérgio, foi Jacarezinho. A base foi encaminhada para a Câmara Legislativa, para as Instituições Municipais de Ensino, Núcleo Regional de Ensino, Campus da UENP, Conselho Municipal de Educação, Conselho do FUNDEB, Professores, representantes de sindicato e comunidade escolar, para que todos pudessem tomar conhecimento, aprofundar a leitura, contribuir com sugestões, compartilhar ideias, debater e ajustar as propostas e validar o texto do documento, onde o único objetivo é garantir uma educação de qualidade para o município.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Marcos Junior

Related posts

Comentar: Apenas um município da região ainda não sancionou Plano de Educação

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596