terça-feira, 2 de junho de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Black Friday 2018: dicas para se proteger de golpes na web

Black Friday 2018: dicas para se proteger de golpes na web
Crédito da foto Para Dibulgação
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A tão esperada Black Friday 2018 chegou. Nesta sexta-feira (23), segundo lojistas, vários produtos serão oferecidos ao público com grandes descontos pela internet. E, apesar dos inúmeros apelos feitos por órgãos e entidades de defesa do consumidor, o alerta sobre os cuidados em onde clicar para realizar a compra nunca é demais.
Afinal diante do grande número de transações que devem ocorrer, hackers podem tentar se aproveitar da data para enviar e-mails falsos com grandes ofertas e com links semelhantes aos sites verdadeiros e que imitam até mesmo a interface da loja.  Por isso, comprar na internet sempre merece atenção, mas durante a Black Friday os cuidados devem ser redobrados. Essas iscas podem surgir por meio das redes sociais, além do e-mails.

Segundo a especialistas em infraestrutura de Tecnologia da Informação, hackers estão sempre em busca de oportunidades para roubar dados ou enviarem vírus e, nesse período, aproveitam o maior acesso às lojas virtuais para atacar. Por isso, antes de comprar online, é importante manter o PC ou notebook sempre atualizado, conforme recomendação do fabricante.

As atualizações servem, entre outras coisas, para corrigir falhas no sistema que podem evitar possíveis ataques e vírus. Além da atualização, é preciso proteger o computador com um antivírus de qualidade e atualizado.


Iscas que podem ser usadas para roubar dados

Redes públicas

  • Cuidado com as redes abertas, elas são gratuitas e pode isso não podem não ser protegidas

Segurança

  • Antes de comprar, é importante verificar se o site é seguro. O primeiro passo para isso é não clicar sobre links enviados por e-mail ou aplicativos, ainda que sejam de empresas conhecidas. O certo é digitar o endereço no navegador e verificar se o endereço tem o “S”, no https. Além disso, os portais seguros costumam ter o desenho de um cadeado na barra inferior indicando o sistema.

Porta

  • É importante ter instalado no equipamento que será usado para realizar a compra um antivírus atualizado.

Chaves

  • Cuidado com as senhas. O indicado é que se use uma para cada cadastro

Bolso 

  • Proteja o cartão de crédito, para isso desabilite a opção de salvar os dados do cartão no site de compra.

Pagamento

  • Na hora de fazer o pagamento, desconfie de lojas que aceitam apenas transferência ou boleto.

Links

  • Nas promoções por e-mail tenha cuidado com links recebidos, prefira entrar direto na página da loja,

Aplicativos

  • As mensagens de ‘phishing’, envidas por aplicativos, devem ter o endereço verificado antes de clicar em links recebidos.

Redes sociais

  • Promoções neste meio exigem cuidado, pois podem direcionar o internauta para possíveis páginas falsas, que visam roubar dados

No carrinho

  • É importante ter atenção em cada etapa da compra.  A orientação é para fazer o print de cada tela da compra,

Pequenos vendedores

  • Lojas menores também podem ter boas ofertas, mas para não cair em ciladas, dê preferência às que têm intermediários como sistema de pagamento, como Moip, PagSeguro, PayPal e Mercado Seguro, que são os mais conhecidos.

Confiabilidade

  • O internauta deve verifica se as lojas são pelos sites de reclamações

Cuidado

  • Quando for comprar em sites similares, primeiro cheque o endereço virtual (link) da página

Nota de “R$ 3”

  • O internauta deve tomar cuidado com páginas de lojas desconhecidas, que podem fazer vendas e não entregar

Mobile

  • Nas comprar pelo celular, o mais indicado é que se baixe apenas aplicativos de lojas oficiais e conhecidas

Parece, mas não é

  • Ao baixar apps, o internauta deve verificar  o nome, desenvolvedor e quantidade de opiniões e buscar estes aplicativos nas lojas oficiais Android ou Apple.
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Bem Paraná

Notícias Relacionadas

Comentar: Black Friday 2018: dicas para se proteger de golpes na web

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596