quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Cambará é o único do Estado que obteve três patrulhas mecanizadas

Cambará é o único do Estado que obteve três patrulhas mecanizadas
Crédito da foto Para A Patrulha Mecanizada será administrada pelos produtores rurais das duas microbacias – Divulgação
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O município de Cambará, entre os 399 que compõem o Estado do Paraná, é o único até agora que conseguiu estabelecer convênio para obtenção de patrulhas mecanizadas atendendo três microbacias simultaneamente. A informação foi passada no último dia 5 pelo agrônomo da Emater no município, Almir Del Padre, durante o evento de entrega de mais uma patrulha.

 Cerca de 30 pessoas, entre produtores rurais, técnicos da Emater, Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (SEAB), instituições financeiras e autoridades, participaram da solenidade, na propriedade do agricultor Pedro Struziato, quando foi realizada a entrega de equipamentos que formam uma a nova patrulha mecanizada composta de um trator de 120 CV com concha frontal, uma carreta basculante de seis toneladas, um terraceador, uma plaina trazeira de arrasto, um rolo compactador e um abastecedouro comunitário (Poço Artesiano), direcionado às microbacias 1 e 2 do bairro Água das Antas.

Foi nessa oportunidade que o agrônomo do escritório local da Emater, Almir Del Padre, assinalou que entre 2017 e 2018 Cambará foi o único município no Paraná que conseguiu conveniar patrulhas mecanizadas para três microbacias no Estado do Paraná: uma para o bairro Água do Boi, entregue em 2017, e as duas que foram entregues na sexta-feira. “Esta capacidade de transformar projetos em realidade, se deve ao fato de que o município vem de um histórico desde os anos de 1990, quando passou a se trabalhar a conservação do solo”, explicou o agrônomo.

Manejo

Ao proferir palestra sobre Manejo de Solos e Água, Del Padre relembrou que o município tinha muitos caminhos rurais e não estradas, com péssima conservação. Com a implantação do Projeto de Conservação de Solo, uma parceria entre a Prefeitura, Emater e governo do Paraná, ocorreu o trabalho de readequação de estradas, que se transformou em exemplo para todo o Estado. “O trabalho fez muito mais do que readequar estradas, combateu a erosão, a degradação do solo e o assoreamento. Com dificuldade, na época, conseguimos introduzir o plantio direto, que foi outra grande conquista da parceria do município, Estado, Emater e produtores. Agora está na hora de repensar novamente a conservação de solo. Os maquinários são outros, diferentes daquela época. As plataformas são outras. Por isso quando o governo estadual lançou o Projeto das Patrulhas Mecanizadas, buscamos os produtores interessados, a Prefeitura, e fomos felizes por conseguirmos a aprovação dos três projetos propostos”, revelou comemorando.

A patrulha mecanizada, mais o abastecedouro comunitário, representam investimentos avaliados em R$ 420 mil, recursos captados pelo governo do Paraná no Banco Mundial.

Segundo Fernando Emmanuel Gonçalves Vieira, chefe regional da SEAB em Jacarezinho, o Projeto Estadual de Microbacias junto ao Banco Mundial, venceu no final de 2018. Ele parabenizou o município de Cambará pela conquista, e elogiou a união da Prefeitura, Câmara de Vereadores e Emater, que souberam ouvir os anseios dos produtores rurais, os transformando em projetos reais.

O gerente regional da Emater, Maurício Castro Alves, também elogiou a união de interesses que está ocorrendo no município, tendo como resultado, o desenvolvimento do setor rural. “O caminho que Cambará tem encontrado para o desenvolvimento do setor rural, tem se destacado em relação a outros municípios. Muitos são os municípios que buscam o caminho deste desenvolvimento, mas ainda não encontraram. Cambará não é destaque somente na captação destes projetos de microbacias, mas também no plantio do abacaxi, tornando-se uma referência regional”, afirmou.

Superando barreiras

O prefeito José Salim Haggi Neto, falou das dificuldades que encontrou o município de Cambará em 2017, mas que através de muito trabalho e determinação, em 28 meses, foi possível reverter o quadro nada animador, em um município que voltou a crescer e a se desenvolver. “Quero agradecer a esta união de forças que estamos somando com os técnicos da Emater, o governo do Paraná, e os produtores rurais, lembrando que temos muito a agradecer aos deputados Pedro Lupion e Luiz Claudio Romanelli, que muito nos tem ajudado neste processo de reconstrução de nossa Cambará. Agradeço também à nossa equipe de secretários, diretores e servidores do município. Como sempre digo, sozinhos não conseguimos nada, mas juntos, de mãos dadas, vamos trabalhar sempre por uma Cambará cada vez melhor”.

O prefeito Neto Haggi e o chefe regional da SEAB, Fernando Emmanuel, destacaram a importância dos bairros rurais formarem as suas Associações, para a solicitação de projetos como os conquistados pelas Microbacias 1 e 2 da Água das Antas, e da Água do Boi.

Gestão

A Patrulha Mecanizada será administrada pelos produtores rurais das duas microbacias, que tem como representantes, Tiago Struziato e Aristeu Sakamoto, que também é presidente do Sindicato Rural de Cambará. Além de utilizarem os equipamentos em suas propriedades, os próprios produtores rurais poderão fazer a manutenção de suas estradas.

O evento teve ainda, as palestras Consórcio Milho e Brachiária, ministrada pelo técnico da Emater, Emerson Jose Polonio, de Santa Mariana, e Manejo de Pragas, pelo técnico Antonio Carlos Rossim de Cambará/Barra do Jacaré.

Participaram da entrega dos equipamentos, os vereadores Cristina de Paula Pinto, Marcos Roberto de Oliveira e Angelo Raia; o secretário municipal da Agricultura, Meio Ambiente e Turismo, Airton Anabuki; o presidente do Conselho Municipal da Agricultura, Luiz Carlos Betini; o gerente do Banco do Brasil, Guilherme Scharlack, e Geovani Campanha, do Sicredi Paranapanema.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Graça Maria

Notícias Relacionadas

Comentar: Cambará é o único do Estado que obteve três patrulhas mecanizadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596