sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Clientes se dizem lesados e realizam protesto em frente a sede do Bitcoin Banco

Clientes se dizem lesados e realizam protesto em frente a sede do Bitcoin Banco
Crédito da foto Para Foto: Marcelo Borges/Banda B
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Siga nossa página: https://www.facebook.com/portaltanacidade/

Clientes do Bitcoin Banco, instituição financeira que opera no mercado das cripto moedas, realizaram uma manifestação na tarde desta quinta-feira (31) em frente à sede da empresa, no Centro de Curitiba, para protestar sobre um possível calote. Pessoas de várias regiões do país viajaram até a cidade para pedir apoio das autoridades, com o objetivo de resolução dos bloqueios. Desde o dia 17 de maio, o grupo GBB, responsável pelo banco, vem impedindo a realização de saques em sua plataforma.

Em entrevista à Banda B, o empresário Amarildo Borsati saiu de Santarém, no estado do Pará, para pedir ajuda. Ele viva atualmente de favor com amigos na capital paranaense. “Estou aqui tentando acordo com o banco para que pelo menos devolvam parte do dinheiro. Investi R$ 230 mil no negócio, era todo o dinheiro que eu tinha guardado. Eles adiam qualquer decisão e eu não consegui nenhum centavo até agora”, afirmou. “Nossa ideia é chamar atenção de autoridades e da diretoria do banco para que possam entender nossa situação”, disse.

A empresa afirmou que a crise ocorreu devido a uma invasão hacker, que gerou R$ 50 milhões de prejuízo. Em nota enviada à reportagem, o Grupo Bitcoin Banco afirma que “existe um protocolo padrão de atendimento e não comenta casos pontuais de clientes”.
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Luiz Kozak e Marcelo Borges

Notícias Relacionadas

Comentar: Clientes se dizem lesados e realizam protesto em frente a sede do Bitcoin Banco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596