quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Feriados em finais de semana derruba dias de folga dos brasileiros em 2019

Feriados em finais de semana derruba dias de folga dos brasileiros em 2019
Crédito da foto Para Divulgação
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O ano de 2019 será um ano escasso em termos de folga para os trabalhadores brasileiros. É que o número de dias parado por conta de feriados deve ter uma queda de 31,25% no ano novo. Se em 2018 foram 16 dias que os brasileiros puderam ficar em casa ou aproveitar para viajar, no próximo ano serão apenas 11 dias – e isso já considerando as datas passíveis de emenda.
Embora o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão deva divulgar apenas no final do ano o calendário oficial para 2019, a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) já divulgou em seu site uma lista com os feriados nacionais e as datas com ponto facultativo.
O menor número de dias de folga no próximo ano se deverá principalmente às datas que em 2018 caíram numa sexta-feira, mas que neste ano cairão num sábado. É o caso dos feriados de Finados (2 de novembro), Nossa Senhora de Aparecida (12 de outubro) e Independência do Brasil (7 de setembro). Já o Dia de Tiradentes (21 de abril), que neste ano caiu num sábado, cairá no próximo em um domingo.
Outro detalhe que impactará sobre o calendário é que dois feriados irão cair numa quarta-feira: o Dia do Trabalho (1º de maio) e o Natal (25 de dezembro). Assim, o mais provável é que não ocorram as famosas emendas, com os brasileiros trabalhando normalmente na segunda, terça, quinta e sexta das semanas em que caírão esses feriados.
Por outro lado, quatro datas deverão ter emenda ou serão “coladas” com feriados: a Confraternização Universal de 1º de janeiro (terça-feira), a Paixão de Cristo, celebrada em 19 de abril (sexta-feira), Corpus Christi, em 20 de junho (quinta-feira) e a Proclamação da República, em 15 de novembro (sexta-feira).

Comércio comemora e o turismo lamenta
Para o comércio, o fato de que 2019 terá menos dias de folga é motivo para celebração. De acordo com um estudo da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap), a cada dia parado a lucratividade do setor é corroída em 9,2% na comparação com um dia comum. Num ano, isso representa um prejuízo bilionário, que chega a superar os R$ 13 bilhões.
Marco Tadeu Barbosa, presidente da Faciap, destaca ainda que no atual momento que o país vive, o que o brasileiro precisa fazer é trabalhar, produzir e vender. “Os feriados tem um impacto muito grande, atrapalha a economia”, aponta.
Por outro lado, o setor de turismo lamenta o menor número de datas com folga. Segundo Adonai Aires de Arruda Filho, presidente do Curitiba Convention Visitors & Bureau (CCVB), nas datas comemorativas Curitiba sai ganhando em duas frentes: com as agências de viagens, que incrementam suas receitas por conta dos curitibanos que deixam a cidade, e com os turistas que vem de fora visitar a Capital – a maioria deles vindo do interior do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina.
“Se for comparar um mês com feriado com outro sem, praticamente dobra o movimento turístico na cidade”, aponta o presidente da CCVB, destacando que as datas comemorativas ajudam a potencializar o turismo de lazer.
Já a economista Juliana Inhasz, da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (Fecap), destaca que os feriados, além de proporcionar um descanso extra, acabam fazendo reduzir a produção, uma vez que há menos gente trabalhando, o que impacta negativamente o comércio e a indústria. Por outro lado, ela aponta justamente o movimento turístico como um ponto positivo.

Mais quatro feriados até o final do ano. Dois deles em novembro
Até o final deste ano, os brasileiros terão ainda mais quatro datas de feriado para folgar. E o melhor de tudo: todas essas datas são passíveis de emenda, com mais seis dias de folga até 31 de dezembro (e isso sem contar os finais de semana).
A próxima folga será nesta sexta-feira, 12 de outubro, quando se celebra o dia de Nossa Senhora de Aparecida. Depois, em novembro, serão dois feriados em menos de duas semanas: no dia 2, uma sexta-feira, é celebrado Finados; já no dia 15, uma quinta-feira, comemora-se a Proclamação da República (e a tendência é que a maioria dos trabalhadores emende já a sexta-feira, ganhando mais um dia de folga).
Por fim, em 25 de dezembro, o Natal, feriado derradeiro de 2018. A data cairá numa terça-feira, o que significa que a segunda também deve acabar sendo “enforcada”.

A lista de feriados de 2019

Confraternização Universal

1º de janeiro (terça-feira)

Carnaval

4 a 6 de março (segunda a quarta-feira/facultativo)

Paixão de Cristo

19 de abril (sexta-feira)

Tiradentes e Páscoa

21 de abril (domingo)

Dia do Trabalho

1º de maio (quarta-feira)

Corpus Christi

20 de junho (quinta-feira)

Independência do Brasil

7 de setembro (sábado)

Nossa Sra. Aparecida
Padroeira do Brasil

12 de outubro (sábado)

Finados

2 de novembro (sábado)

Proclamação da República

15 de novembro (sexta-feira)

Natal

25 de dezembro (quarta-feira)

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Rodolfo Luis Kowalski

Notícias Relacionadas

Comentar: Feriados em finais de semana derruba dias de folga dos brasileiros em 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125