sexta-feira, 17 de Janeiro de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Jacarezinho: UENP inaugura novas instalações do Escritório Modelo

Jacarezinho: UENP inaugura novas instalações do Escritório Modelo
Crédito da foto Para Escritório presta serviços jurídicos à população de baixa renda para casos das varas Cível, Família, Infância e Juventude (Divulgação)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O Escritório Modelo da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) teve suas novas instalações inauguradas. Órgão suplementar do Campus Jacarezinho (CJ), o Escritório, que agora se localiza nas dependências do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), foi oficialmente aberto na quarta-feira, 11 de julho, por autoridades universitárias e acadêmicos da Instituição.

O novo local realizou os primeiros atendimentos em maio de 2018, quando suas antigas instalações, na sede do CJ, foram desativadas. Desde então, a estrutura tem sido aprimorada com o Escritório em pleno funcionamento.

“É muito positivo que agora o Escritório Modelo esteja localizado fisicamente junto às instalações do curso de Direito. Esse espaço trará mais dignidade e conforto para o atendimento às pessoas assistidas, além de propiciar um local mais adequado para o trabalho dos acadêmicos”, afirma a reitora da UENP, Fátima Aparecida da Cruz Padoan.

Para o diretor do Campus de Jacarezinho, professor Fábio Antonio Néia Martini, o Escritório Modelo está em um lugar que possibilita mais eficiência e aprendizado. “Agora podemos falar que o Escritório Modelo está em seu local de direito, onde os acadêmicos realizam sua atuação com respaldo acadêmico, bibliográfico e apoio docente”, complementa.

A opinião é corroborada pelo diretor do CCSA, professor Luiz Fernando Kazmierczak. “As estruturas agora são melhor organizadas para acadêmicos, advogados e clientes. Além do contato com a biblioteca e os professores, a proximidade física com o Neddij (Núcleo de Estudos e Defesa de Direitos da Infância e Juventude) e o Numape (Núcleo Maria da Penha) é crucial. Quando um cliente chega e precisa ser encaminhado para o outro núcleo, por exemplo, a locomoção fica muito mais fácil”, frisa.

A locomoção era um problema quando o escritório operava em suas antigas instalações, segundo a estagiária e monitora do órgão suplementar, Agnes Hikari, do terceiro ano de Direito da UENP.

“Se não houvesse clareza sobre algum caso e os advogados não pudessem estar presentes no local naquele momento, era comum pedir aos clientes para que retornassem em outro dia. Agora, sempre temos professores disponíveis para consulta no CCSA, além do referencial bibliográfico da Biblioteca que fica praticamente ao nosso lado. Sem dúvida, agora está melhor para todos os envolvidos”, afirma Hikari.

O aspecto estrutural do novo Escritório Modelo é um de seus principais destaques, segundo a diretora Daniele Leite. “O mobiliário é todo novo, dando mais conforto a advogados, acadêmicos e clientes. A nova disposição das mesas permite um trabalho mais eficiente e agora temos até sala reservada para diálogos de conciliação separadamente do atendimento ao público, e tudo isso faz a diferença para o nosso cotidiano de trabalho”, finaliza.

Há mais de 40 anos, o Escritório Modelo da UENP – antiga Fundinopi – presta serviços jurídicos à população local de baixa renda para casos das varas Cível, Família, Infância e Juventude. Com cerca de 200 atendimentos por mês, o órgão suplementar atende principalmente casos de pensão alimentícia e divórcios.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Assessoria

Notícias Relacionadas

Comentar: Jacarezinho: UENP inaugura novas instalações do Escritório Modelo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596