Sunday, 18 de April de 2021

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Mais de 600 crianças se formam no Proerd em Santo Antônio da Platina

Mais de 600 crianças se formam no Proerd em Santo Antônio da Platina
Photo Credit To O Proerd visa valorização à vida e importância de manter-se longe das drogas (Antônio de Picolli)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) promoveu nesta quinta-feira, 13, a formatura de 618 crianças da rede municipal, de 11 escolas do município de Santo Antônio da Platina. A solenidade foi realizada na Casa da Cultura Antônio de Freitas e contou com a participação de autoridades, militares, professores, amigos e até mesmo do mascote Proerd.

 Formandos dos 5º anos participaram de aulas durante o ano de 2018, ministradas policiais militares treinados e preparados para desenvolver atividades lúdicas, e através de metodologia especialmente voltada para crianças, passaram a mensagem de valorização à vida e a importância de manter-se longe das drogas. O evento também premiou alunos de cada escola que tiveram a melhor redação sobre os assuntos abordados em sala de aula.

O comandante da 4ª Companhia da Patrulha Escolar Comunitária da Polícia Militar, 2º tenente Renan Prado, destacou a importância da parceria com a Secretaria de Educação para realização tanto do Proerd, quanto da Patrulha Escolar. Prado enfatizou que são responsáveis por 90 municípios da região para atender os dois programas, e que Santo Antônio da Platina é um dos poucos beneficiados com os dois programas. “A mensagem que o Proerd traz, visa mudar a vida e o destino das crianças, mas não depende somente de nós, mas sim de um esforço conjunto, família, polícia, mas principalmente os pais, que a partir de agora devem cultivar essa semente que foi plantada. Os pais devem ser vigilantes, saber dizer não, olhar o caderno e o celular o tempo todo, porque o traficante é sedutor, ele promete vida fácil e as drogas destroem famílias”, explicou Prado.

Para o prefeito José da Silva Coelho Neto, o Professor Zezão, a partir de agora as crianças enfrentarão uma etapa difícil, pois o contato com as drogas a cada ano tem sido mais fácil. Ele relata que não é uma tarefa fácil, devido à pressão dos amigos, mas que no fim o esforço será recompensado. “Ser homem e ser mulher não é ceder ao que não presta, mas sim resistir ao que não presta. Dar bons exemplos. O que faz de nós verdadeiramente são os bons exemplos que damos. Por isso, temos várias escolinhas com modalidades esportivas à disposição dos alunos para reforçar que fiquem longe das drogas”, pontuou o prefeito.

A secretária de Educação, Adriane Cavatoni Vicário, reforçou a ideia de que os ensinamentos em aula devem ser levados para vida. Afinal, agora os formandos irão para o 6º ano, fase de adaptação, novos amigos e novas realidades. “Que os alunos tenham a consciência de que drogas, não, e saibam colocar isso em prática na hora certa”, frisou.

O presidente da Câmara Municipal, professor Jefferson Vernier, comentou que atualmente a droga e a violência têm destruído a vida de jovens e adultos. Por isso, o programa tem essa finalidade de fazer a orientação primária. “Que cresçam num mundo que consigam ter resistência às coisas ruins. A participação da família é muito importante para que sigam no caminho do bem. Eu como professor de educação física não posso deixar de recomendar a todos que pratiquem esportes e participem mais de eventos culturais”, finalizou.

Para o soldado Leonardo Vieira Correa, que esteve junto às crianças durante um ano, não só em Santo Antônio da Platina, mas também em outros municípios da região, o Proerd acabou na sala de aula, mas o programa tem continuidade em casa, com amigos e parentes.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Dayse Miranda/Tribuna do Vale

Related posts

Comentar: Mais de 600 crianças se formam no Proerd em Santo Antônio da Platina

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596