quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Quase três meses após nascimento, quíntuplos recebem alta de hospital

Quase três meses após nascimento, quíntuplos recebem alta de hospital
Crédito da foto Para Foto: Divulgação Hospital do Rocio
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Quase três meses após nascimento, quíntuplos recebem alta de hospital da RMC

Quase três meses após o nascimento, os bebês quíntuplos que nasceram em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, receberam alta por volta das 10 horas desta quarta-feira (27). O casal de pais é natural de Chopinzinho, no Sudoeste do Paraná, e estava ‘morando’ no hospital desde o nascimento, no dia 2 de setembro.

Na rede social Facebook, o hospital revelou a alta: “Luis Henrique, Jhordan, Tiago, Antonella e Laura chegaram a ficar mais de um mês na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e agora estão prontos e saudáveis para voltar para casa. Os cinco vão se juntar ao irmão mais velho Davi, de seis anos. A vida é realmente um milagre”, descreve o hospital.

Como os bebês nasceram com sete meses de gestação, foi necessário o período de internação na unidade.

Está foi a primeira gestação de quíntuplos bem-sucedida da história do Paraná. De acordo com os médicos, as estatísticas mostram que as chances de uma gravidez de gêmeos é de 3,4%. Já no caso do casal Anieli Kurtel, de 24 anos, e Luís Fernando Araújo, 33, quase não há estatísticas de gravidez para quíntuplos. Anieli engravidou naturalmente, o que torna o caso mais raro ainda.

Por dia, os quíntuplos usam de 60 a 70 fraldas por dia. O casal conseguiu doações que ajudaram nesses meses em que ficaram internados em Campo Largo.

Com a alta, a expectativa é de que a família que agora é composta por oito pessoas retorne para Chopinzinho.

 

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Banda B

Notícias Relacionadas

Comentar: Quase três meses após nascimento, quíntuplos recebem alta de hospital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596