quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Secretário garante construção do Centro de Especialidades Médicas

Secretário garante construção do Centro de Especialidades Médicas
Crédito da foto Para Romanelli e Guilherme Curi durante audiência com o secretário estadual de Saúde, Beto Preto (Divulgação)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), acompanhado do diretor administrativo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Norte Pioneiro (Cisnorpi), Guilherme Curi Saliba Costa se reuniu nesta quarta-feira, 6, com o secretário estadual de Saúde, Beto Preto, e pediu agilidade na construção do Centro Regional de Especialidades Médicas, em Jacarezinho, investimento aprovado no final do governo passado. “Esta demanda é uma das principais prioridades da população da região da Amunorpi, e o secretário Beto Preto está muito atento para a urgência desta obra”, disse Romanelli.

 Na região, 22 municípios serão beneficiados com a ampliação do atendimento à saúde e a obra representa um significativo avanço para reduzir a necessidade de deslocamentos de pacientes para outras localidades a fim de receber atendimento especializado. “Há anos lutamos para que a construção deste centro na região aconteça. Precisamos dar um atendimento com mais qualidade e conforto aos usuários que necessitam do sistema público de saúde. Portanto, tenho certeza que este projeto está dentro das prioridades na área, neste novo governo”, assinalou Romanelli.

Norte Pioneiro – Além de Jacarezinho, compõem a região do Cisnorpi as cidades de Barra do Jacaré, Cambará, Carlópolis, Conselheiro Mairinck, Figueira, Guapirama, Ibaiti, Jaboti, Japira, Joaquim Távora, Jundiaí do Sul, Pinhalão, Quatiguá, Ribeirão Claro, Salto do Itararé, Santana do Itararé, Santo Antônio da Platina, São José da Boa Vista, Siqueira Campos, Tomazina e Wenceslau Braz.

Os centros de especialidades são estruturas com atendimentos à saúde pública em diversos setores da medicina. Para o ex-prefeito de Tomazina e diretor do Cisnorpi, Guilherme Cury, a unidade de Jacarezinho será uma conquista importante para a região. “Há anos, a população solicita que o atendimento tenha melhor estrutura, com consultas e exames especializados. O Cisnorpi terá condição de ampliar a quantidade de médicos especialistas, pois teremos mais espaço e infraestrutura”, afirmou Cury.

Ainda durante a reunião, questões referentes à estrutura de atendimento da unidade do Cisnorpi também foram discutidas. “Trouxemos solicitações para que o atendimento à nossa população seja mais satisfatório. Estamos otimistas com a reunião de hoje”, pontuou Cury.

Preocupação

Uma sucessão de fatos estranhos envolvendo o projeto do Centro Regional de Especialidades Médicas do Norte Pioneiro vem preocupando as autoridades da região. O empreendimento, com custo final orçado em cerca de R$ 12 milhões, vem sofrendo atrasos, com duas licitações fracassadas por erros detectados nos editais. A Secretaria de Estado da Saúde (SESA) foi obrigada a realizar a terceira concorrência, que, espera-se, seja confirmada.

Esta semana um novo projeto elétrico elaborado pela Cia Paulista de Força e Luz (CPFL) foi entregue na prefeitura, sem contar que a SESA está solicitando novos ajustes no projeto elaborado pela prefeitura de Jacarezinho, que investiu mais de R$ 250 mil só na elaboração do planejamento de construção.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Informações Rudnei Castilho/Rede Massa

Notícias Relacionadas

Comentar: Secretário garante construção do Centro de Especialidades Médicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596