sexta-feira, 10 de julho de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Setor de fogos de artifício chega na semana de ouro

Setor de fogos de artifício chega na semana de ouro
Crédito da foto Para Leida Fernandes, da Fogos Líder: “Quem gosta não deixa de soltar fogos” (foto: Franklin de Freitas)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Quanto mais próximo do Réveillon, maior é a ansiedade dos comerciantes de fogos de artifício de Curitiba. É que esta época representa entre 80 e 90% das vendas de todo o ano do setor. Um mercado sazonal, portanto, mas que possui um grande número de clientes fiéis, o que vem possibilitando a manutenção de um bom nível de vendas. Em alguns casos, a expectativa é até mesmo de um aumento no faturamento em comparação com o ano passado.

“Pessoa que solta fogos vai soltar independente da crise. Talvez compre um pouco menos. Aqueles que compravam cinco baterias agora estão comprando duas. Mas não vão deixar de soltar fogos nem mesmo abrir mão da qualidade, até por se tratar de um produto que pode dar problema se a procedência for duvidosa”, aponta Leida Fernandes, proprietária da Fogos Líder, localizada no bairro Pinheirinho (Avenida Winston Churchill, 2866).
A análise é parecida com a feita por Leandro Lanza, sócio-proprietário da Fogos Lanza, que fica no Centro de Curitiba (Av. Visconde de Guarapuava, 2865). Segundo o empresário, a tendência é de uma queda de aproximadamente 10% na comparação com o ano passado, seguindo uma tendência verificada na maioria dos setores da economia.
“Você vê na rua, mercado, shoppping. Qualquer lugar está mais vazio. As pessoas estão sem dinheiro e outras, pouco animadas para comemorar algo”, comenta Leandro. “Mesmo aqueles clientes mais fiéis reduziram a quantidade que compravam. Então quem gosta não deixa de comprar, mas diminui a quantidade.”
Outro lado — Para outros, contudo, a expectativa é de melhora nas vendas, apesar da crise. É o caso da Imperatriz Fogos, localizada no Bairro Novo (Rua Jussara, 2640). De acordo com Lidiane Lininque, proprietária do estabelecimento, a expectativa, que já era grande, vem se superando a cada dia. Até por isso, a empresa dobrou o número de funcionários para este final de ano.
“Nós já temos um público cativo e neste ano conseguimos muitos clientes novos. A expectativa, que já era grande, está se superando cada dia mais. Em termos de faturamento, aumentou entre 30 e 40% para a gente até agora”, comemora a empresária. “Apesar da crise, está sendo um ano muito bom, até porque trabalhamos com um preço muito acessível ao cliente”, finaliza.
Cuidados — As festas de fim de ano tradicionalmente são comemoradas com fogos de artifício. Para evitar acidentes, alguns cuidados são essenciais, já o manuseio inadequado desses artefatos pode ser fatal ou deixar sequelas permanentes. Além disso, o barulho da explosão e os vestígios luminosos dos fogos prejudicam também o sistema auditivo e ocular, podendo causar surdez e cegueira.

Cuidados ao soltar fogos
Somente adquira fogos de artifícios em locais devidamente autorizados

Leia atentamente o rótulo de segurança e data de validade dos artefatos no momento da compra

Mantenha caixas de fósforos e/ou isqueiros em locais fora do alcance das crianças
Nunca solte fogos em ambientes fechados, e quando o fizer em ambientes abertos, atente para sua segurança

Ingestão de bebida alcoólica e fogos não combinam

Para a queima de rojões utilize um suporte adequado e o mantenha fora do alinhamento do seu corpo, bem como sua projeção inclinada para uma área segura

Cuidado com o efeito retardado. Os fogos podem falhar temporariamente; se isso acontecer considere o artefato ativo

Não acenda bombas na mão, utilize uma base segura e o acenda com segurança

Não coloque o artefato em bolsos

Em caso de queimaduras, procure aliviar a dor imergindo a parte afetada em água potável e se necessário procure imediatamente auxílio médico

Não solte rojão em qualquer lugar, procure um lugar aberto para soltar os fogos de artifício. Não o lance fogos de artifício junto às redes de eletricidades. Próximo de residências também não é aconselhável

Não utilize fogos em locais onde há perigo de incêndio. Também nunca solte dentro de canos, caixas de esgoto, recipientes de vidro e afins. Caso estiver com pessoas próximas, peça-as para que se afastem e nunca solte em direção a ninguém

Fonte: Defesa Civil do Paraná

 

Semana de ouro para as vendas

Além de ter conseguido manter um bom nível de vendas até aqui, nadando contra a maré das crises (econômica, política e moral) no país, agora o setor de fogos de artifício se prepara para entrar naquela que promete ser a semana com mais vendas no ano. É que é justamente o período que antecede o Réveillon que costuma registrar a maior procura e venda desse tipo de produto.

“A demanda maior começou na última sexta-feira, mas a semana depois do Natal que costuma ser a mais forte, com mais vendas”, comenta Leandro Lanza. “A tendência é que o movimento cresça ainda mais a partir de agora. Já estamos recebendo muitos contatos, bastante e-mail de clientes, muita ligação. Está tendo bastante procura mesmo”, reforça Lidiane Lininque.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Rodolfo Luis Kowalski

Notícias Relacionadas

Comentar: Setor de fogos de artifício chega na semana de ouro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596