quarta-feira, 16 de junho de 2021

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Três passos para praticar o simples em prol da felicidade

Três passos para praticar o simples em prol da felicidade
Crédito da foto Para Reprodução
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

“A simplicidade precisa assumir papel de protagonista no dia-a-dia das pessoas. Simplificar significa facilitar o acesso ao que interessa, ao conteúdo dos fatos da vida, das coisas que usamos e das mensagens que queremos passar. Ser simples não é ser simplório. Mas ser descomplicado. Usar o que precisa. Saber consumir”, fala Luciana Pianaro, empreendedora e Head da revista Vida Simples.

Luciana, ainda lembra que “Há uma diferença fundamental entre ser simples e ser simplório. Os simples resolvem a complexidade, os simplórios a evitam. Eu conheço pessoas sofisticadas, intelectualizadas, que levam uma vida plena, realizam trabalhos difíceis, apreciam leituras profundas e têm hábitos peculiares. E continuam sendo pessoas descomplicadas. Conheço também pessoas simplórias, com pouca profundidade, que realizam trabalhos repetitivos, que têm poucas ambições, que apreciam rotinas e evitam os sustos de uma vida aventurosa. E mesmo assim são pessoas complicadas, para elas tudo é muito difícil, em geral impossível. Simplificar significa facilitar o acesso ao que interessa e às mensagens que queremos passar”.

Estudiosa do tema de simplicidade para transformação de uma vida mais feliz, inspirando-se em Centros internacionais como, MIT, Stanford e Berkeley, Luciana traz três passos importantes para você iniciar o combate ao complicado:

Livre-se das cobranças: observe se as cobranças que você está se impondo são realmente necessárias, ou fruto da pressão de outras pessoas. Cobrança em excesso contribui para o stress e desânimo. Mude o foco por alguns instantes, energize a mente, olhe para outros lugares. Respire.

Valorize o que você tem ao lado: olhe para todas as suas conquistas, dê importância para as mínimas atividades e veja o quanto você já fez e é capaz de fazer. Eu fui mãe após os 40 anos e todos os dias observo essa  maravilhosa conquista – o meu filho –. A minha maior missão agora é mostrar a ele os verdadeiros valores da vida.

Elimine o consumo desnecessário: garantir que as próximas gerações tenham recursos para a sua sobrevivência é dever de todos nós. As nossas ações individuais fazem toda a diferença para o futuro de nosso planeta. É possível viver de maneira descomplicada, sem compras em excesso e sem necessidades. Antes de dizer sim para um produto, pense! Você consegue!!!

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Banda B

Notícias Relacionadas

Comentar: Três passos para praticar o simples em prol da felicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596