quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

UENP realiza Feira de Ciências em Bandeirantes

UENP realiza Feira de Ciências em Bandeirantes
Crédito da foto Para assessoria
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Quem visitou o auditório Thomas Nicoletti, no Campus Luiz Meneghel da UENP, em Bandeirantes, nos dias 18 e 19 de outubro, pôde conferir uma exposição de conhecimento. A feira “Ciência, Alimento para o Cérebro”, que contou com sete estandes montados no auditório, recebeu a visita de cerca de 300 estudantes, a maioria alunos da rede pública de ensino.

Durante dois dias, os visitantes puderam conhecer um pouco do trabalho desenvolvido pela Universidade. O evento foi organizado pelo Grupo de Estudos de Neurociência (GEN), em parceria com o Grupo de Pesquisa “2º Cérebro”, Grupo de Estudos em Agroecologia (GEAK), o Núcleo de Investigação em Tecnologia de Aplicação de Agrotóxicos e Máquinas Agrícolas (NITEC), o Centro Mesorregional de Excelência em Tecnologia do Leite, e também com o curso de Nutrição da Universidade Paulista (UNIP), de Assis.

Divulgação

Feira “Ciência, Alimento para o Cérebro”  recebeu a visita de cerca de 300 estudantes.

Segundo a professora Roberta Ekuni, uma das idealizadoras do evento, a ideia da feira é divulgar a ciência ao público e despertar nas pessoas o interesse pelo conhecimento. “Esse é o segundo ano que realizamos o evento e o resultado tem sido muito bom. Os visitantes, principalmente as crianças, gostam muito”, partilha. “O nosso objetivo é gerar nelas a curiosidade. Fazer com que elas queiram conhecer mais, entender como é esse universo científico”, explicou.

As crianças puderam conhecer, por exemplo, o estande do “Segundo Cérebro”, coordenado pelo professor João Paulo Schoffen. Com o uso de figuras, maquetes e fotos do sistema disgestório, os acadêmicos do curso de Ciências Biológicas explicavam ao público por que o intestino é conhecido como “segundo cérebro”, devido ao seu funcionamento autônomo em relação aos demais órgãos do corpo humano. “Eu gostei bastante. Vi muita coisa legal. Vi o microscópio e me diverti muito. Foi um dia diferente para nós”, conta Lorena Micaely dos Santos, 10, aluna do 5º ano da Escola Municipal Maria Inês Ester Farias, de Bandeirantes.

A interdiciplinaridade também foi um dos pontos positivos da Feira. Para Ohana Turcato Macacari, aluna do 2º ano de Ciências Biológicas e que trabalhou em um dos estandes, a participação de vários cursos do campus (Agronomia, Ciências Biológicas, Enfermagem, Medicina Veterinária e Sistemas de Informação) não só enriquece o evento, como também o aprendizado dos acadêmicos. “É uma troca de experiências muito grande. A gente acaba se envolvendo um pouco com o trabalho dos outros cursos e até aprendendo uma coisa ou outra com eles. O evento proporciona isso. Nós nos ajudamos, nos aproximamos mais e crescemos muito com isso”, disse.

Mathilde Mariquito, 20, também é aluna do curso de Ciências Biológicas e trabalhou como monitora no estande do GEN. Ela conta que conheceu a feira em 2014, quando ainda era estudante do ensino médio. Aliás, foi graças a feira que ela se tornou aluna da UENP. “Quando eu vi os estandes, os acadêmicos, e toda a estrutura que estava sendo apresentada aqui, eu comecei a me informar sobre o curso e decidi prestar o vestibular. É muito gratificante, dois anos depois, estar aqui novamente, dessa vez como monitora. E ver nos visitantes o mesmo que eu senti quando participei do evento pela primeira vez”, partilha.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: assessoria

Notícias Relacionadas

Comentar: UENP realiza Feira de Ciências em Bandeirantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125