sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Brasil perde para a Bélgica e dá adeus ao hexa na Rússia

Brasil perde para a Bélgica e dá adeus ao hexa na Rússia
Crédito da foto Para Neymar lamenta chance perdida em derrota do Brasil. (Marcelo Machado de Melo/Estadão Conteúdo)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Acabou o sonho do hexa da seleção brasileira na Rússia! Em sua pior atuação na Copa do Mundo, o Brasil perdeu para a Bélgica por 2 a 1 e caiu nas quartas de final. Os gols da vitória belga foram marcados por Fernandinho, contra, e De Bruyne, em chute forte da entrada da área. Já Renato Augusto descontou no segundo tempo, mas não deu tempo para o empate.

A seleção brasileira começou a partida melhor, mas levou o primeiro gol em um momento de infelicidade de Fernandinho. Depois de cobrança de escanteio na área, o volante tentou o corte e marcou contra. A Bélgica aproveitou o espaço dado pelo Brasil e aumentou a vantagem ainda na etapa inicial. De Bruyne acertou chute forte da entrada da área e não deu a menor chance para o goleiro Alisson. Já no segundo tempo, o Brasil descontou com o meia Renato Augusto após belo passe de Philippe Coutinho.

É a quinta vez que o Brasil cai nas quartas de final da Copa do Mundo. A seleção foi eliminada nesta fase do Mundial em 1954 para a Hungria, 1986, 2006, ambas para a França, e 2010, em jogo para a Holanda. Desde que foi campeão em 2002, o time brasileiro não chegou à semifinal em três das quatro edições disputadas.

Em contrapartida, a Bélgica alcança à semifinal pela segunda vez na história da Copa do Mundo e vai em busca da decisão inédita. O próximo adversário será a França, que eliminou o Uruguai por 2 a 0. A partida será na terça-feira (10), às 15h, em São Petersburgo.

O jogo

A seleção brasileira começou a partida mostrando sua força na bola parada. Após cobrança de escanteio na área, Miranda desviou para o meio da área, a bola bateu em Thiago Silva e parou na trave. Já Paulinho também teve sua chance, mas não pegou com força e a zaga da Bélgica afastou.

O time belga respondeu na mesma ‘moeda’, e abriu o placar justamente em jogada de escanteio. Chadli cobrou escanteio na primeira trave, Fernandinho tentou o corte e mandou contra sua própria meta. O gol desestabilizou a seleção brasileira em campo e deu muita tranquilidade para a Bélgica.

Precisando do gol de empate, o Brasil foi para o ataque e deixou espaço para a Bélgica contra-atacar. E foi justamente na jogada em velocidade que os belgas aumentaram o marcador ainda no primeiro tempo. De Bruyne recebeu na intermediária, avançou com tranquilidade e acertou chute forte no canto, sem chances para Alisson.

A seleção quase descontou em chute colocado de Philippe Coutinho na entrada da área, mas o goleiro Courtois se esticou todo para evitar o gol. Já a Bélgica teve a oportunidade de marcar o terceiro antes do intervalo. De Bruyne cobrou falta com força, e Alisson mandou para escanteio.

Na volta para o segundo tempo, o técnico Tite colocou Roberto Firmino na vaga de Willian e abriu Gabriel Jesus na ponta direita. O atacante brasileiro precisou de apenas dois minutos para levar perigo, mas Alderweireld afastou a bola da entrada da área.

Após Roberto Firmino, as outras mudanças de Tite foram Douglas Costa e Renato Augusto nas vagas de Willian e Paulinho, respectivamente. E foi justamente Renato Augusto quem deu outra cara para o meio-campo e uma sobrevida para o Brasil na Copa. Philippe Coutinho deu belo passe para o meia, que cabeceou firme no canto para descontar o placar.

O gol deu esperança ao time brasileiro, que pressionou até o final em busca do empate. A grande chance foi com Neymar já nos acréscimos da partida. O camisa 10 chutou colocado da entrada da área e Courtois tirou com a ponta dos dedos a chance do Brasil continuar na Copa do Mundo.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 1X2 BÉLGICA

Local: Kazan Arena, em Kazan (RUS).
Data: Sexta-feira, 06 de julho de 2018.
Horário: 15h (horário de Brasília).
Árbitro: Milorad Mazic (SRB)
Assistentes: Milovan Ristic (SRB) e Dali Djurdjevic (SRB).
Árbitro de vídeo: Daniele Orsato (ITA).

Brasil: Alisson; Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Fernandinho; Paulinho (Renato Augusto), Philippe Coutinho, Willian (Roberto Firmino) e Neymar; Gabriel Jesus (Douglas Costa).
Técnico: Tite.

Bélgica: Courtois; Alderweireld, Kompany e Vertonghen; Meunier, Witsel, Fellaini e Chadli (Vermaelen); De Bruyne, Lukaku (Tielemans) e Hazard.
Técnico: Roberto Martínez.

Cartões amarelos: Alderweireld e Meunier (BEL); Fernandinho e Fagner (BRA).
Gols:
 Fernandinho (BEL), contra, aos 13′ do primeiro tempo, De Bruyne (BEL), aos 31′ do primeiro tempo, e Renato Augusto (BRA), aos 31′ do segundo tempo.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Pedro Melo

Notícias Relacionadas

Comentar: Brasil perde para a Bélgica e dá adeus ao hexa na Rússia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125