domingo, 25 de agosto de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

De volta ao Brasil após 7×1 e sem Neymar, Brasil vence México sem sustos

De volta ao Brasil após 7×1 e sem Neymar, Brasil vence México sem sustos
Crédito da foto Para uol
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Depois de oito jogos da nova era Dunga e quase um ano após o vexame do 7 a 1, a seleção finalmente voltou a jogar no país, e sem a sua maior estrela. Liberado para a festa do título da Liga dos Campeões em Barcelona, Neymar nem fez tanta falta para o Brasil, que diante de um México B venceu por 2 a 0 sem levar grandes sustos.

Os gols foram marcados no primeiro tempo por Philippe Coutinho e Diego Tardelli. Fred, que substituiu Neymar, não brilhou intensamente, mas contribuiu para um jogo ágil e decidido da equipe de Dunga.

A vantagem construída cedo acalmou os ânimos de um público um pouco distante, mas que deu sinais de que não esqueceu do vexame de 2014. Se não saiu encantado do Allianz Parque, o paulistano que foi ao estádio do Palmeiras ao menos encontrou um time competitivo e capaz de vencer um adversário frágil com dois belos gols.

O amistoso contra o México foi o primeiro antes da Copa América. Na próxima quarta, o Brasil recebe Honduras no Beira-Rio, em Porto Alegre, para em seguida viajar ao Chile, onde fará a primeira competição oficial depois do 7 a 1.

FICHA TÉCNICA
Data e hora: 07/06/2015 (domingo), às 17h (horário de Brasília)
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Arbitragem: Julio César Quintana
Assistentes: Juan Zorilia e Eduardo Cardozo
Cartões amarelos: Rafa Marquez, Corral e Guemez (México)
Gols: Philippe Coutinho, aos 27 min, e Tardelli, aos 36min do 1º tempo

Brasil
Jefferson; Danilo (Fabinho), Miranda, David Luiz e Filipe Luís; Fernandinho, Elias (Casemiro), Fred, Willian (Douglas Costa) e Philippe Coutinho (Everton Ribeiro); Diego Tardelli (Firmino)
Técnico: Dunga

México
Corona; Rafael Márquez, Julio Dominguez, Aldrete e Guémez (Medina); Corona, Herrera, Corral (Flores) e Mario Osuna (Fabián); Raúl Jiménez (Vuoso) e Hugo Ayala (Salcedo)
Técnico: Miguel Herrera

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: uol

Notícias Relacionadas

Comentar: De volta ao Brasil após 7×1 e sem Neymar, Brasil vence México sem sustos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596