sábado, 17 de novembro de 2018

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

“É uma grande honra”, diz curitibano convocado pela Polônia para a Copa do Mundo

“É uma grande honra”, diz curitibano convocado pela Polônia para a Copa do Mundo
Crédito da foto Para Bisneto de poloneses, Thiago Cionek disputará sua segunda competição pela seleção (Reprodução)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A Polônia divulgou nesta segunda-feira (04) a lista final dos 23 convocados para a disputa da Copa do Mundo. Entre os nomes, a novidade é a presença do curitibano naturalizado polonês Thiago Cionek, de 32 anos, zagueiro do Spal, da Itália, que disputará o mundial pela primeira vez na carreira. Bisneto de poloneses, o jogador celebra a chance de defender o país em sua segunda competição pela seleção.

“É uma outra seleção, um outro país, mas eu tenho origem polonesa. Meus bisavós vieram da Polônia para o Brasil no início do Século XX. Eu fiz o caminho inverso, joguei quatro anos no futebol polonês, aprendi a cultura. Para mim, é uma grande honra defender o país do qual eu tenho origem”, afirmou Cionek em participação recente ao programa Mundo Afora da rádio banda B.

Sem disputar uma Copa do Mundo desde 2006, os comandados do técnico Adam Nawalka estão no Grupo H da competição e vão enfrentar Senegal, Colômbia e Japão na primeira fase. “É com muito respeito com todas as seleções. Pode não parecer, mas é um grupo muito difícil. Todos os jogadores atuam em grandes clubes, então acho que é uma chave complicada. É importante estar bem preparado e corresponder às expectativas, pois temos grandes jogadores. A estreia é contra Senegal, que é fundamental, pois iniciar bem deixa tudo mais fácil. É um torneio curto, espero que dê tudo certo”, disse o zagueiro.

Com a possibilidade de encarar o Brasil em uma eventual quartas de final, Thiago Cionek vive a expectativa de enfrentar a seleção brasileira no mundial. “Primeiro queremos parar de fase, mas é impossível não imaginar quando isso pode acontecer. Se passarmos, pode ser nas quartas de final. Temos que ver a cada momento, mas não sei como seria. Nasci no Brasil, torci pela seleção em várias Copas e sei do amor do povo pelo futebol. Mas eu defendo a Polônia, represento esse país que me deu tanto, mas torço também para o Brasil ir longe na Copa do Mundo”, projetou.

Com 32 anos, o defensor está em sua 13ª convocação para a seleção polonesa e já disputou 17 jogos. Ele esteve presente na Eurocopa de 2016, disputada na França, em que a equipe parou nas quartas de final, nos pênaltis, para Portugal.

Confira a lista dos 23 convocados pela Polônia: 

 

Goleiros – Bartosz Bialkowski (Ipswich Town), Lukasz Fabianski (Swansea), Wojciech Szczesny (Juventus).

Zagueiros – Jan Bednarek (Southampton), Bartosz Bereszynski (Sampdoria), Thiago Cionek (SPAL), Kamil Glik (Monaco), Artur Jedrzejczyk (Legia Varsóvia), Michal Pazdan (Legia Varsóvia), Lukasz Piszczek (Borussia Dortmund).

Meio-campistas – Jakub Blaszczykowski (Wolfsburg), Jacek Goralski (Ludogorets), Kamil Grosicki (Hull City), Grzegorz Krychowiak (West Bromwich Albion), Rafal Kurzawa (Gornik Zabrze), Karol Linetty (Sampdoria), Slawomir Peszko (Lechia Gdansk), Maciej Rybus (Lokomotiv Moscou), Piotr Zielinski (Napoli).

Atacantes – Dawid Kownacki (Sampdoria), Robert Lewandowski (Bayern de Munique), Arkadiusz Milik (Napoli), Lukasz Teodorczyk (Anderlecht).

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Guilherme Coimbra

Notícias Relacionadas

Comentar: “É uma grande honra”, diz curitibano convocado pela Polônia para a Copa do Mundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596