quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Em noite de Veiga, Atlético vence o Caracas e encaminha classificação na Sul-Americana

Em noite de Veiga, Atlético vence o Caracas e encaminha classificação na Sul-Americana
Crédito da foto Para Veiga marcou os dois gols da vitória rubro-negra (Miguel Locatelli/Atlético)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Em uma noite inspirada de Raphael Veiga, o Atlético bateu o Caracas, com tranquilidade, por 2 a 0, nesta quarta-feira (19), no Estádio Olímpico de la UCV, na Venezuela, e encaminhou a sua classificação às quartas de final da Copa Sul-Americana.

Veiga foi o grande nome da partida. Um dos destaques do time até então na temporada, o meio-campista foi o autor dos dois gols da vitória atleticana contra os venezuelanos, que dá conforto ao Furacão para o duelo de volta.

O jogo de volta contra o Caracas será no dia 3 de outubro, numa quarta-feira, às 19h30, na Arena da Baixada.

O jogo

O Atlético começou o duelo em um ritmo lento e viu o time da casa buscar primeiro o ataque, apostando nas bolas aéreas para tentar oferecer algum risco ao goleiro Santos. Sem conseguir criar chances, a única chegada foi em um chute de Añor após sobra na área, que passou à direita do gol.

Encontrando dificuldades para infiltrar no ferrolho de Caracas, o Furacão passou a encontrar o caminho através dos cruzamentos na área. No primeiro, Jonathan levantou e Pablo cabeceou por cima. Mas, já na parte final, aos 41 minutos, o lateral cruzou, o atacante ajeitou de peito, Marcinho furou e a bola sobrou para Raphael Veiga fuzilar as redes da equipe venezuelana e abrir o placar.

Sem ser ameaçado pelo adversário, o Atlético seguiu tendo o total controle da partida na segunda etapa e viu a estrela de Raphael Veiga brilhar mais uma vez.

Já aos 11 minutos, o camisa 7 tentou um chute de fora da área e a bola passou com perigo por cima do travessão. Mas, na segunda tentativa, o meia rubro-negro não perdoou.  Aos 27, Pablo recebeu pela esquerda, invadiu a área e bateu na saída de Herrera. O goleiro defendeu e a bola sobrou para Veiga, com o gol aberto, cabecear e mandar no fundo das redes para dar números finais ao duelo.

O Caracas ainda tentou descontar na parte final em cobrança de falta, mas o chute de Saggiomo passou raspando a trave do goleiro Santos, na melhor chance dos venezuelanos na partida. O Furacão respondeu na seguida, mas Pablo esbarrou em defesa do goleiro Herrera. O time paranaense volta com dois gols de vantagem na bagagem e deixou a classificação encaminhada para as quartas de final.

FICHA TÉCNICA
CARACAS 0X2 ATLÉTICO

Local: Estádio Olímpico de la UCV, em Caracas (VEN).
Data: Quarta-feira, 18 de setembro de 2018.
Horário: 19h30 (horário de Brasília).
Árbitro: Andrés Rojas (COL).
Assistentes: Eduardo Diaz (COL) e Humberto Clavijo (COL).

Caracas: Eduardo Herrera; Eduardo Ferreira, Juan David Muriel, Rubert Quijada e Bernardo Añor; Ricardo Martins, Facundo Moreira (Robert Garcés), Nestor Canelón e Robert Hernández (Chacón); Diomar Díaz (Daniel Saggiomo) e Jesús Arrieta.
Técnico: Noel Sanvicente.

Atlético: Santos; Jonathan, Paulo André, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Lucho González e Raphael Veiga (Guilherme); Nikão (Marcelo Cirino), Marcinho (Rony) e Pablo.
Técnico: Tiago Nunes.

Gol: Raphael Veiga (CAP) aos 41′ do primeiro tempo e aos 27′ do segundo tempo.
Cartões amarelos: Nestor Canelón e Robert Garcés (CAR); Lucho González (CAP).

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Guilherme Coimbra

Notícias Relacionadas

Comentar: Em noite de Veiga, Atlético vence o Caracas e encaminha classificação na Sul-Americana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125