quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Guardiola diz que não tem como parar Messi e coloca Barça como favorito

Guardiola diz que não tem como parar Messi e coloca Barça como favorito
Crédito da foto Para Alberto Estévez/EFE
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Não há planos anti Messi ou fórmulas para frear o Barcelona. E essa é a opinião de quem conhece bem o clube. O treinador do Bayern de Munique, Josep Guardiola, acredita não ter como coibir certas virtudes do Barça e por isso aponta a equipe catalã como favorita no confronto de semifinal da Liga dos Campeões. O jogo ida acontece nesta quarta-feira às 15h45min (horário de Brasília), no Camp Nou.

“Messi não se para. Ele está aonde precisa estar. Você consegue se defender, mas não o parar”, disse Guardiola.
“Não adianta criar ilusão. O Messi recua, cria espaços, joga por trás dos zagueiros, na frente, é ofensivo, e movimenta o time. Você tem que tentar limitá-lo, mas não se para. Ponto final”, complementou o técnico.
Com o Bayern tendo desfalques importantes como os do holandês Arjen Robben e o francês Franck Ribéry, Guardiola acredita que o favorito no confronto é o Barça. Além disso, a opinião é de que o fato dos jogadores do Barça o conhecerem também faz diferença
“Caso não acreditasse na vaga a final não estaria sentado aqui. Eu não lamento desfalques, mas eles partem com vantagem. Eles me conhecem e têm talento. Decidem jogos em um instante. Nós treinadores não temos essa vantagem”, analisou.
Guardiola tem passagem vitoriosa pelo Barcelona tendo conquistado 17 títulos no período como treinador entre 2008 e 2012. Idolatrado na Catalunha, o técnico destacou não saber como reagir em caso de gol do Bayern no Camp Nou.
“Não sei o que farei. Meu respeito pelo Barça não se demonstrará pelo o que celebrar aqui ou não. Obviamente estarei contente”, avisou.
Por fim, o treinador ainda prometeu que o Bayern de Munique não vai atuar recuado no Camp Nou.
“Sabemos atacar e essa é a ideia. Não vamos mudar características. O jogo é muito complicado por uma questão de excesso de talentos em campo. Ele pode ser decidido em uma jogada de pura técnica”, comentou.
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: João Henrique Marques

Notícias Relacionadas

Comentar: Guardiola diz que não tem como parar Messi e coloca Barça como favorito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125