quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Organizada do Palmeiras marca festa para comemorar saída de Valdivia

Organizada do Palmeiras marca festa para comemorar saída de Valdivia
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A Mancha Alviverde, principal torcida organizada do Palmeiras, anunciou em seu Instagram que fará uma festa para comemorar a saída de Valdivia. Nesta quinta-feira, o Al Wahda, dos Emirados Árabes, anunciou que tem acordo para contar com o chileno após a Copa América – o contrato com o Palmeiras vence no dia 17 de agosto deste ano.

“Não percam neste sábado, a partir das 14h, na sede da torcida, o Samba da Mancha. Vamos comemorar a saída do nosso amigo Valdivia. Roda de samba com profissionais, churrasco e cerveja”, dizia a publicação, acompanhada de uma foto do jogador no Carnaval.

A relação entre a organizada e o meia era péssima. Em 2013, Valdivia fez um gesto ofensivo a um torcedor antes do jogo contra o Tigre (ARG), na Argentina, pela Libertadores. Pouco antes da volta a São Paulo, membros da torcida tentaram agredir o atleta no aeroporto de Buenos Aires.

Nas arquibancadas, a Mancha não entoava o nome de Valdivia. A última vez que isso aconteceu foi no ano passado, durante uma partida contra o Vilhena, mas de forma irônica, para protestar.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: lance net

Notícias Relacionadas

Comentar: Organizada do Palmeiras marca festa para comemorar saída de Valdivia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596