sábado, 17 de novembro de 2018

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Paraná desencanta após nove rodadas, vence o Fluminense e deixa a lanterna do Brasileirão

Paraná desencanta após nove rodadas, vence o Fluminense e deixa a lanterna do Brasileirão
Crédito da foto Para Jogadores do Paraná comemoram o primeiro gol da vitória. (Geraldo Bubniak/Estadão Conteúdo)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O Paraná finalmente venceu a primeira partida no Campeonato Brasileiro após nove rodadas. Jogando diante de pouco mais de quatro mil torcedores na Vila Capanema, o Tricolor derrotou o Fluminense por 2 a 1 e ainda deixou a lanterna da competição.

Os dois gols da vitória foram marcados por nomes apostados pelo técnico Rogério Micale. No primeiro tempo, o centroavante Thiago Santos abriu o placar em cobrança de pênalti. Já nos minutos finais, o meia Guilherme Biteco, que saiu do banco de reservas, marcou pela primeira vez desde que retornou de grave lesão.

Com a vitória, o Tricolor foi para seis pontos e ultrapassou o Ceará. O time paranista agora busca manter o embalo no confronto direto contra o Bahia, 18º colocado, na próxima quinta-feira (07), às 20h, novamente na Vila Capanema.

O jogo

O técnico Rogério Micale mexeu em todas os setores da equipe paranista e a principal novidade foi a escalação do centroavante Thiago Santos para substituir Silvinho. A ideia era colocar Carlos jogando na ponta, mas o atacante saiu de campo com apenas três minutos de jogo após sofrer lesão.

Assim como em todos os jogos do Brasileirão, o Paraná sofreu para acertar o último passe para chegar em gol. Quando acertou, a bola teimou em não entrar. Aos 25 minutos, Thiago Santos recebeu dentro da área e chutou com força, mas mandou na trave esquerda. No lance seguinte, Jesiel tentou de voleio e o goleiro Júlio César fez grande defesa para não tirar o zero do placar.

Porém, a história mudou logo no começo do segundo tempo. Com apenas seis minutos, Léo Itaperuna foi lançado em profundidade e derrubado por Léo dentro da área. O árbitro não titubeou e marcou a penalidade máxima. Na cobrança, Thiago Santos teve muita calma e cobrou no canto esquerdo para abrir o placar.

Depois de sair na frente, Micale apostou em reforçar o setor de marcação com a entrada de Wesley Dias na vaga de Carlos Eduardo. Mas também não abriu mão do setor ofensivo com a troca de Thiago Santos por Guilherme Biteco. E foi justamente o meia-atacante, recuperado de grave lesão, quem marcou o segundo gol. Aos 42 minutos, Biteco recebeu cruzamento na segunda trave e completou para dentro do gol.

O Fluminense não desistiu da partida e descontou já nos acréscimos. Pablo Dyego recebeu nas costas da defesa e chutou para o fundo das redes. Nos minutos finais, o Paraná jogou completamente no campo, segurou o resultado e garantiu os três pontos.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 2X1 FLUMINENSE

Local: Vila Capanema, em Curitiba (PR).
Data: Segunda-feira, 04 de junho de 2018.
Horário: 20h.
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP).
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP).
Público e renda: 3.491 pagantes/4.352 presentes/R$ 69.525,00.

Paraná: Thiago Rodrigues; Júnior, Jesiel, Cleber Reis e Mansur; Leandro Vilela, Torito González e Carlos Eduardo (Wesley Dias); Léo Itaperuna, Carlos (Caio Henrique) e Thiago Santos (Guilherme Biteco).
Técnico: Rogério Micale.

Fluminense: Júlio César; Renato Chaves, Gum e Luan Peres; Léo (Matheus Alessandro), Richard, Jadson (Pablo Dyego), Sornoza e Marlon; Marcos Junior (Robinho) e João Carlos.
Técnico: Abel Braga.

Cartões amarelos: Thiago Santos, Torito González, Rayan, Guilherme Biteco e Wesley Dias (PRC); João Carlos, Léo e Marlon (FLU).
Gols: Thiago Santos (PRC), aos 8′ do segundo tempo, Guilherme Biteco (PRC), aos 42′ do segundo tempo, e Pablo Dyego (FLU), aos 47′ do segundo tempo.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Pedro Melo

Notícias Relacionadas

Comentar: Paraná desencanta após nove rodadas, vence o Fluminense e deixa a lanterna do Brasileirão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596