Sunday, 7 de March de 2021

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Paraná vence o Coritiba e encerra jejuns no clássico

Paraná vence o Coritiba e encerra jejuns no clássico
Photo Credit To Thiago Santos comemora o primeiro gol do Paraná no clássico contra o Coritiba (foto: Geraldo Bubniak)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O Paraná Clube venceu por 2 a 0 o Coritiba, nessa quarta-feira (dia 7) à noite, pela 2ª rodada da Taça Caio Junior – o 2º turno do Campeonato Paranaense. Com o resultado, o Tricolor ficou na 3ª colocação e o Coritiba, em 5º lugar do Grupo A. Os dois melhores de cada grupo avançam para as semifinais da Taça. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

Na classificação geral, que define o rebaixamento e o mando de campo do segundo jogo da final do Estadual, o Paraná é o 8º colocado, com 9 pontos. O Coxa está na 5ª posição, com 11 pontos.

FASES
O Paraná soma agora duas vitórias em 2018. Nos demais jogos, foram quatro empates e quatro derrotas. Já o Coritiba chegou à terceira derrota consecutiva e completou 270 minutos sem marcar gols. No total do ano, o Coxa tem cinco vitórias, quatro empates e quatro derrotas.

JEJUM
O Paraná não marcava gols no Coritiba há quatro clássicos. O último havia ocorrido em 2013, pelo Paranaense, com o placar por 3 a 2 no Couto Pereira. Essa tinha sido a última vitória do Tricolor na história desse confronto. Depois, foram três vitórias do Coxa e um empate.

Contando apenas os clássicos entre os dois times na Vila Capanema, o Paraná não vencia desde 2009 (por 2 a 1, pelo Paranaense). Depois daquele confronto, foram três empates no local e uma vitória do Coxa.

HISTÓRIA
Esse foi o clássico número 100 da história, contando também torneios amistosos e partidas entre ‘times B’ dos dois clubes. São 33 vitórias do Paraná, 29 empates e 38 vitórias do Coritiba. Considerando apenas as partidas oficiais, foi o clássico número 96 da história.

DESEMPENHO
O Paraná não teve uma grande atuação, mas dominou o jogo e mostrou evolução em relação aos últimos jogos, principalmente pela garra dos jogadores em campo e pela organização tática. O Coritiba repetiu o fraco desempenho das últimas partidas, com o time radicalmente recuado e sem qualquer criatividade no setor ofensivo. E um escanteio foi decisivo para o placar. Dos 11 gols sofridos pelo Coxa em 2018, seis foram em jogadas de bola parada.

Clique aqui para ver uma análise do desempenho individual dos jogadores do Paraná Clube aqui para ver as notas para os jogadores do Coritiba.

ESCALAÇÃO DO PARANÁ
Os desfalques do técnico Rogério Micale eram o goleiro Luís Carlos, o zagueiro Charles, o volante Jhony e os meias Matheus Pereira e Guilherme Biteco e o ponta Minho, todos em recuperação. O treinador manteve o esquema tático 4-2-3-1. Os três meias ofensivos eram Carlos Eduardo (centro), Báez (esquerda) e Vitor Feijão (direita).

ESCALAÇÃO DO CORITIBA
O técnico Sandro Forner não contava com o volante Vitor Carvalho, o meia Ruy, o lateral-esquerdo William Matheus e o atacante Kleber Gladiador, todos em recuperação. O esquema tático foi o 4-1-4-1 de sempre.

PRIMEIRO TEMPO
O Paraná teve o domínio do jogo desde o início. O Coritiba ficou recuado e apostou em contra-ataques. Pelo lado do mandante, o centroavante Thiago Santos foi o grande destaque, aproveitando bem a movimentação dos pontas Vitor Feijão e Marcelo Báez. Na equipe visitante, os pontas também incomodaram e conseguiram levar o time ao ataque em cinco lances, mas pecaram na precisão das jogadas. A única grande chance do primeiro tempo foi do Paraná. Aos 44, Vitor Feijão cruzou e Thiago Santos cabeceou no canto. Wilson espalmou e a bola tocou na trave.

SEGUNDO TEMPO
O Coritiba tentou avançar e reagir na segunda etapa, mas sofreu um gol já aos 5 minutos. Carlos Eduardo bateu escanteio, Leandro Vilela desviou e Thiago Santos finalizou: 1 a 0. O jogo ficou equilibrado depois do gol, mas com poucas jogadas ofensivas. Só aos 34 o Paraná criou uma chance. Diego cruzou e deixou Thiago Santos na cara do gol. Ele chutou em Wilson. Aos 35, quase o empate do Coritiba. João Paulo soltou a bomba de longe e acertou o ângulo da trave.

EXPULSÃO E GOLAÇO
Aos 41 do 2º, Zezinho foi expulso por agredir Thalisson Kelven, que revidou, mas escapou de qualquer punição da arbitragem. O Paraná terminou o jogo com um jogador a menos. Mesmo assim, aos 48, Diego Gonçalves fez bela jogada individual e marcou um golaço, fechando aos 48.

PARANÁ 2 x 0 CORITIBA
Paraná: Richard; Alemão, Neris, Rayan e Mansur; Leandro Vilela, Jhonny Lucas (Wesley Dias), Vitor Feijão, Carlos Eduardo e Marcelo Báez (Diego Gonçalves); Thiago Santos. Técnico: Rogério Micale
Coritiba: Wilson; Marcos Moser, Thalisson Kelven, Romércio e Léo Andrade; João Paulo, Julio Rusch, Thiago Lopes (Kady), Iago Dias (Yan Sasse) e Guilherme Parede (Alvarenga); Alecsandro. Técnico: Sandro Forner
Gols: Thiago Santos (5-2º) e Diego Gonçalves (48-2º)
Expulsão: Zezinho (41-2º)
Cartões amarelos: Marcos Moser, Julio Rusch, Yan Sasse (C). Jhonny Lucas, Leandro Vilela, Alemão (P).
Árbitro: Paulo Roberto Alves
Público: 3.757 pagantes
Local: Vila Capanema

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
7 – Jhony Lucas chuta de fora da área, Wilson pega
9 – Julio Rusch arranca com a bola e dispara de fora da área, por cima do gol
14 – Guilherme Parede avança pela esquerda, finta um e chuta do bico da área. Richard segura.
15 – Thiago Santos chuta de fora da área. Wilson rebate.
25 – Iago chuta sem direção, mas a bola desvia em Rayan e vai no centro do gol. Richard defende.
33 – João Paulo lança. Iago Dias chuta do bico da área. Rayan bloqueia.
44 – Vitor Feijão cruza da direita. Thiago Santos cabeceia no canto. Wilson espalma e a bola toca na trave.

Segundo tempo
2 – Julio Rusch lança. Parede recebe na área e ajeita para Thiago Lopes, que chuta mal.
5 – Gol do Paraná. Carlos Eduardo cobra escanteio. Leandro Vilela desvia na 1ª trave. Thiago Santos completa na 2ª trave.
7 – Carlos Eduardo bate escanteio. A bola chega até Rayan, na cara do gol. Ele se atrapalha para finalizar e Wilson abafa.
34 – Diego faz boa jogada e cruza na medida. Thiago Santos, na cara do gol, chuta em Wilson.
35 – João Paulo chuta de longe. A bola explode no ângulo da trave.
41 – Zezinho é expulso por agredir Thalisson Kelven, que revida, mas escapa da punição.
48 – Gol do Paraná. Diego recebe no meio, dribla dois adversários, invade a área e chute na saída de Wilson. Golaço.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Silvio Rauth Filho

Related posts

Comentar: Paraná vence o Coritiba e encerra jejuns no clássico

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596