Saturday, 5 de December de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Pato abre caminho para Osorio: “Terá todo o respaldo. Temos que ajudá-lo”

Pato abre caminho para Osorio: “Terá todo o respaldo. Temos que ajudá-lo”
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Juan Carlos Osorio será apresentado pelo São Paulo na próxima segunda-feira, mas já ganhou o apoio de um dos principais jogadores do elenco são-paulino. Alexandre Pato disse nesta sexta-feira que o técnico terá o apoio total do grupo. O jogador também pediu paciência à torcida durante a fase de adaptação.

“Quando você vem a um país que não é a sua cultura, tem um período de adaptação. Ele terá todo o respaldo, temos que ajudá-lo. Quando se muda de pais precisa de um tempo para se adaptar ao futebol. Tenho certeza que ele vai nos trazer coisas boas e vem pra fazer sua historia no São Paulo”, disse Pato.

O atacante minimizou o fato de o treinador ser estrangeiro. Para ele, o idioma não será uma barreira para Osorio no São Paulo. Pato lembrou sobre a passagem pelo Milan, quando chegou ao clube sem falar italiano.

“Não depende do idioma. Na Itália, só falava em português quando cheguei. Na hora do jogo, o técnico gesticulava e eu entendia. Consigo me comunicar no espanhol, alguns jogadores falam.  Eu converso com o Centurión e tenho amigos na Espanha”, afirmou o jogador, que até arriscou um ‘bem-vindo’ em espanhol.

Pato, como Michel Bastos, também falou sobre o método de comunicação de Osorio. De acordo com o camisa 11, mandar bilhetes para os jogadores em vez de gritar à beira do campo pode dar certo, pois o técnico teve sucesso no futebol colombiano.

“Fiquei sabendo dos papéis, o Milton comentou. Até agora está dando certo. Ele ganhou seis títulos, o maior campeão da Colômbia. Se ele deu certo lá, por que não pode dar aqui? É o modo de ele trabalhar, vamos ver como vão ser os bilhetes”, disse.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : uol

Related posts

Comentar: Pato abre caminho para Osorio: “Terá todo o respaldo. Temos que ajudá-lo”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596