domingo, 13 de junho de 2021

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Reforços do ataque chegam com esperança de melhorar o desempenho ofensivo do Paraná

Reforços do ataque chegam com esperança de melhorar o desempenho ofensivo do Paraná
Crédito da foto Para Ortigoza (esq) e Deivid (dir) foram apresentados pelo Paraná (Felipe Dalke/Banda B)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Pior ataque do Brasileirão, com apenas dez gols marcados, o Paraná apresentou, nesta terça-feira (04), os atacantes Deivid (ex-RB Brasil) e Ortigoza (ex-Náutico), contratados na última semana e que chegam com a missão de melhorar o desempenho ofensivo da equipe na competição.

Jogador experiente, com passagens por clubes como Palmeiras e Cruzeiro, o paraguaio Ortigoza comemora mais uma chance de disputar a Série A e espera retribuir. “Nós estamos com vontade de chegar para ajudar o clube. Sabemos que é uma oportunidade muito boa e que o time tem uma deficiência de gols. Espero auxiliar e que tenhamos uma estrela para brilhar no Paraná”, disse em entrevista coletiva.

 Centroavante de ofício, o atleta teve boa passagem recente pelo Náutico, na Série C, com 13 gols marcados em 26 jogos. “Eu posso contribuir fazendo gols. Acho que não tem segredo. Tenho que fazer o melhor no dia a dia e tentar fazer o meu melhor. Eu tenho na minha cabeça que eu posso ajudar o time”, acrescentou.

Já o atacante Deivid, de 30 anos, que estava no RB Brasil-SP, terá a sua primeira oportunidade na elite do futebol brasileiro. Revelado pelo São Bernardo-SP, o jogador fez toda a sua carreira no interior paulista e mineiro, em clubes como Independente de Limeira-SP, Batatais-SP, Guarani-SP, Santo André-SP, Social-MG e Uberlândia-MG.

“Estou muito feliz com a oportunidade de estar trabalhando no Paraná. É uma equipe grande, muito bem estrutura. Tive amigos que passaram por aqui e que me falaram muito bem do clube. Eu espero contribuir e estar ajudando a equipe a sair dessa situação”, exaltou Deivid, que se coloca à disposição do técnico Claudinei Oliveira. “Estava jogando na minha última equipe, estou com ritmo de jogo. Se o professor precisar de mim, pode contar comigo, que eu estou aqui para ajudar”, completou.

Os dois estão trabalhando com o grupo desde o início da semana e podem ficar à disposição do treinador para o compromisso desta quarta-feira (05), às 21h, diante da Chapecoense, na Vila Capanema.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Guilherme Coimbra com informações de Felipe Dalke

Notícias Relacionadas

Comentar: Reforços do ataque chegam com esperança de melhorar o desempenho ofensivo do Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596