quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

SP x Corinthians pode ter eliminação histórica, reviravolta ou até sorteio

SP x Corinthians pode ter eliminação histórica, reviravolta ou até sorteio
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O Corinthians já está classificado às oitavas de final da Copa Libertadores. O São Paulo tenta evitar uma crise. Nesta quarta-feira (22), os rivais se enfrentam às 22h no Morumbi. O time treinado por Tite poupou dois dos principais jogadores na semifinal do Paulistão, contra o Palmeiras, no domingo, e mostra que a prioridade é tirar da competição de forma precoce um concorrente direto. Para o São Paulo, a vitória e a classificação valem a temporada.

O São Paulo já perdeu duas vezes para o Corinthians em 2015. Uma na própria Libertadores, na Arena Corinthians, naquela que foi a pior atuação do time no ano segundo o ex-treinador Muricy Ramalho. Outra no Morumbi, palco do jogo desta quarta-feira, pelo Paulistão, com pênalti perdido pelo capitão Rogério Ceni. Se a derrota vier pela terceira vez, o time agora comandado pelo interino Milton Cruz pode repetir feito negativo que não acontece desde 1987: cair ainda na primeira fase da Libertadores.
Em 1987 o presidente era o mesmo Carlos Miguel Aidar que hoje está à frente do clube. Naquela época o campeonato sul-americano não tinha a importância que viria a ganhar na década de 90. Na edição, o São Paulo foi o quarto e último colocado do Grupo 3, atrás de Cobreloa (CHI), Colo-Colo (CHI) e Guarani.
Agora, em 2015, basta uma vitória para o São Paulo seguir na competição. Se vencer, não há combinação de resultados que faça a equipe do Morumbi ser eliminada. Se não vencer, no entanto, irá depender do resultado do confronto entre San Lorenzo (ARG) e Danubio (URU), que acontece simultaneamente na Argentina. O jogo definirá se o São Paulo será eliminado, se começará uma reviravolta na temporada até agora negativa ou até mesmo se a vaga será decidida através de sorteio.
Hoje o São Paulo ocupa a segunda posição no Grupo 2 do torneio, com nove pontos. O Corinthians, líder, tem 13. San Lorenzo, terceiro colocado, tem sete. O lanterna Danubio não marcou nenhum ponto em cinco rodadas. Se o São Paulo empatar no Morumbi, terá de torcer para que o San Lorenzo não vença o Danubio na Argentina por 4 a 0 ou outros placares por quatro gols de diferença.
Se empatar por 0 a 0 com o Corinthians, o São Paulo poderá ser ultrapassado caso o San Lorenzo vença por placares de três gols de diferença iguais ou superiores a 5 a 2. Os argentinos ultrapassariam pelo critério de gols a favor. Em caso de derrota são-paulina, uma vitória por qualquer placar classifica o San Lorenzo.
O caso extremo e que resultaria em sorteio aconteceria em caso de empate por 0 a 0 no Morumbi e vitória do San Lorenzo por 4 a 1, ou com empate por 1 a 1 no Morumbi e vitória dos argentinos por 5 a 2, e daí em diante. Neste caso, São Paulo e San Lorenzo empatariam em todos quesitos, e a vaga teria de ser decidida em sorteio realizado pela Conmebol. São Paulo e San Lorenzo empatam, neste caso, até no último critério: gols marcados fora de casa durante a fase de grupos.
Para o jogo, o São Paulo tem a já conhecida ausência de Alexandre Pato, cujo contrato de empréstimo tem uma cláusula que o impede de jogar contra o Corinthians, clube com o qual tem contrato até o fim de 2016. Depois da eliminação na semifinal do Paulistão contra o Santos, o interino Milton Cruz mudou a rotina no CT da Barra Funda. Na segunda-feira, tirou o treino regenerativo dos titulares e levou todos ao campo. Na terça-feira, decidiu não fazer o habitual treino tático com os 11 titulares – fará tal atividade durante a palestra, longe do campo e com o auxílio de vídeos.
É improvável que Milton Cruz mude o sistema tático com o qual tem jogado desde que assumiu o posto de Muricy. O São Paulo deve, então, se apresentar no 4-3-3. A ausência principal, além de Pato, será a de Wesley, que vem atuando como titular no Paulistão. O argentino Ricardo Centurión deverá começar o clássico no banco.
O Corinthians precisa da vitória para afastar os questionamentos que começa a sofrer após uma queda de rendimento nos últimos cinco jogos. A equipe foi eliminada para o Palmeiras na semifinal do Paulista, sofreu para vencer a Ponte Preta, só empatou com o XV de Piracicaba e não foi bem diante do San Lorenzo.
Tite descarta pressão por crise técnica e afirma que é necessário olhar a média do que produz a sua equipe. Ele também evita falar em eliminar o São Paulo e também em aposentar Rogério Ceni, que tem contrato com a equipe do Morumbi até o início de agosto. Ele também confirmou que escalará sua equipe com o que tem de força máxima. Guerrero, que se recupera de dengue, e Fábio Santos, que teve recaída após voltar de lesão, são as baixas.
FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X CORINTHIANS
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 22 de abril de 2015, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (BRA)
Assistentes: Fabrício Vilarinho (BRA) e Fábio Pereira (BRA)
SÃO PAULO: Rogério Ceni, Paulo Miranda, Rafael Toloi, Dória e Reinaldo; Denilson, Souza e Hudson; Ganso, Michel Bastos e Luis Fabiano.
Técnico: Milton Cruz
CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf; Jadson, Elias, Renato Augusto e Emerson Sheik; Vagner
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Uol

Notícias Relacionadas

Comentar: SP x Corinthians pode ter eliminação histórica, reviravolta ou até sorteio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125