Thursday, 26 de November de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Valdivia supera Guerrero, Chile bate Peru e vai à final da Copa América

Valdivia supera Guerrero, Chile bate Peru e vai à final da Copa América
Photo Credit To lancenet
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O Chile repetiu o que já havia feito até aqui. No ataque, mostrou qualidade, belas trocas de passe e gols. Na defesa, problemas pelo alto e certa fragilidade. Contra o bravo Peru de Paolo Guerrero, porém, funcionou, ainda que a arbitragem tenha dado uma força. Apesar da boa atuação do agora atacante flamenguista, o time da casa aproveitou a superioridade numérica desde os 20 minutos do primeiro tempo, venceu por 2 a 1 e está na final da Copa América.

Será a chance de um título inédito, que coroaria a geração de Vidal, Sánchez, Vargas, Aranguiz e Valdivia, de novo protagonista ao roubar de Guerrero a bola que originou o gol da vitória. Na decisão, marcada para o próximo sábado, o Chile enfrentará Argentina ou Paraguai, que disputam nesta terça a outra semifinal.

A esperada vaga coroa uma campanha elogiável, com gols e atuações convincentes dos comandados de Jorge Sampaoli, que já haviam se destacado na Copa do Mundo do ano passado. Neste contexto, a atuação do Peru só deixou a vaga ainda mais saborosa.

Apesar do erro no lance capital, Guerrero foi um dos destaques do jogo e manteve o Peru vivo até os minutos finais de um jogo aberto, interessante e emocionante. E tudo isso com dez em campo, já que Zambrano foi expulso muito cedo.

Fases do jogo:
O começo do jogo não mostrou a superioridade técnica que se poderia esperar dos donos da casa. Com um meio-campo compacto e Guerrero e Farfán inspirados, o Peru começou bem o confronto. Quem atrapalhou foi Zambrano, expulso aos 20 minutos de jogo.

O zagueiro começou o jogo se estranhando com Vidal, que chegou a levar a mão ao rosto do peruano. O árbitro deu bronca, mas não mostrou cartão a nenhum dos dois. Minutos depois, Zambrano voltou a se enroscar, desta vez com Sánchez. Pela repetição, levou o amarelo, que viraria vermelho logo depois em um lance imprudente. O zagueiro cortou um lançamento com um pé alto e acertou as costas de Aranguiz. A expulsão bagunçou o jogo do Peru.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : uol

Related posts

Comentar: Valdivia supera Guerrero, Chile bate Peru e vai à final da Copa América

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596