domingo, 16 de dezembro de 2018

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Consumidor prioriza almoço e lanche da tarde ao comer fora

Consumidor prioriza almoço e lanche da tarde ao comer fora
Crédito da foto Para Trabalhador quer refeição boa e barata (foto: Pedro Ribas/SMCS)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O cenário econômico desafiador dos últimos dois anos impactou os hábitos de consumo dos brasileiros que passaram a fazer escolhas mais racionais e usar mais promoções nas suas refeições fora do lar, segundo revelou a pesquisa Crest, realizada pela GS&Inteligência, empresa do Grupo GS& Gouvêa de Souza, que entrevista 72 mil consumidores por ano no Brasil.

A pesquisa aponta que os brasileiros continuam frequentando os restaurantes em todo o Brasil, porém passaram a priorizar as refeições mais importantes na sua percepção. “Ou seja, eles priorizam o almoço e lanche da tarde, principalmente durante os dias da semana, e passam a consumir menos nas refeições periféricas do dia, como o café da manhã, o lanche da manhã e nas refeições de entretenimento no final do dia e aos finais de semana”, explica Eduardo Yamashita, diretor de Inteligência de Mercado da GS&Inteligência, responsável pelo estudo.
Outro aspecto interessante apontado pelo levantamento foi o aumento no uso de promoções nas refeições (seja cupons de desconto, compre 1 leve 2, entre outros), que cresceu 6% na comparação do ano móvel de Mar/17 x Mar/16.
Reforçando a tendência de racionalização, os consumidores têm dado preferência aos restaurantes que oferecem a oferta de valor certa para um dado momento de consumo. “Os consumidores não querem errar e continuam a frequentar aqueles restaurantes que oferecem a melhor relação entre conveniência, produto, preço, promoção e experiência para o momento de consumo em questão”, esclarece Yamashita.
“As tendências e mudanças no comportamento de consumo, como a maior racionalização que vimos em 2016, continuam presentes em 2017, mas estão atenuadas”, comenta o diretor de Inteligência de Mercado da GS&Inteligência.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Bem Paraná

Notícias Relacionadas

Comentar: Consumidor prioriza almoço e lanche da tarde ao comer fora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596