quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Preços das hortaliças caem, mas os das frutas sobem

Preços das hortaliças caem, mas os das frutas sobem
Crédito da foto Para Banana teve alta em todo o País (foto: Franklin de Freitas)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou nesta quinta-feira (19) o seu 10º boletim Hortigranjeiro, relativo ao mês de setembro nas principais ceasas do País. Em Curitiba, o estudo mostrou que no mês passado o preço das prinicpais hortaliças tiveram queda, mas as frutas aumentaram de preço. Destaque para o mamão, que foi cotado a R$ 2,70 o quilo, uma alta de 51,78% em realação ao primeiro semestre. A banana também teve alta grande, de 23,04%, sendo vendida a R$ 1,22 o quilo.
“As frutas surpreenderam com um leve desabastecimento, mas foi por causa das altas temperaturas que a procura ficou maior e a produção não conseguiu atender a demanda”, disse o gerente de Modernização do Mercado Hortigranjeiro da Conad, Erick de Brito Farias. Sobre o mamão, o clima teve interferência direta no preço. “O mamão teve as colheitas aceleradas nos últimos meses por causa das altas temperaturas e de uma forte oferta. Com isso, o preço caiu. Agora, faltou oferta da fruta no mercado e, por isso, o preço subiu em todas as Ceasas”, explica Farias. No País, também foi o mamão que teve a maior alta nas ceasas, seguida da banana.
Na Capital paranaense outras frutas com alta significativa foram a laranja (R$ 1,36/kg, com alta de 16,52%), a maçã (R$ 3,36/kg e 6,35% mais cara), e a melancia (R$ 1,32/kg/ 12,67%).
Hortaliças
Ao contrário das frutas, as hortaliças diminuiram de preços. O destaque foi a batata, que vem apresentando preços mais baixos desde o ano passado, por ter maior oferta. As maiores quedas ocorreram em Goiânia (18%), Recife e Curitiba, sendo as duas últimas com percentuais em torno de 14%.
Em Curitiba, a alface também foi cotada com menor preço em setembro — R$ 1,06, e queda de 20,79% — O motivo, segundo o estudo, foi a boa oferta no mês de setembro, enquanto a demanda foi menor na maioria das centrais. A cebola teve preço reduzido em 2,41%, com o quilo custando, na média, R$ 1,36. O tomate teve alta — com preço de R$ 0,87/kg, subiu 13,73% e a cenoura que foi cotada em R$ 1,04, com alta de 2,41%, segundo o estudo da Conab.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Bem Paraná

Notícias Relacionadas

Comentar: Preços das hortaliças caem, mas os das frutas sobem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125