sexta-feira, 5 de junho de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Assassinato de idosa de 106 anos causa revolta; polícia tem suspeita para o crime

Assassinato de idosa de 106 anos causa revolta; polícia tem suspeita para o crime
Crédito da foto Para Dibulgação
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Novas informações sobre o assassinato a pauladas de Antônia Conceição da Silva, de 106 anos, em Feira Nova do Maranhão, levam a Polícia Civil a acreditar que o assassino provavelmente foi reconhecido pela vítima antes do crime.

De acordo com o delegado regional da cidade de Balsas, Fagno Vieira, o autor do crime revirou toda a casa em busca de objetos de valor. A suspeita inicial era que ele havia levado uma bolsa com cerca de 30 reais dentro. Mas a bolsa foi encontrada nesta segunda (19), confirmando que nada de valor foi levado da casa.

Agora a Polícia Civil suspeita que a idosa tenha acordado e reconhecido o assaltante. Por isso ele a teria agredido. Na casa, a polícia também encontrou nesta segunda (19) um bastão de madeira com marcas de sangue, que pode ter sido usado para agredir a idosa.

 

“Essa pessoa provavelmente conhecia a rotina daquela família, sabia que a senhora se encontrava sozinha naquele momento, entrou saltando o muro, quebrou as telhas da cozinha e teve acesso ao interior da residência. Ali, revirou a residência toda a procura de algum objeto de valor, mas a gente acredita que nesse instante a vítima acordou, provavelmente o reconheceu e, por essa razão, ele a matou”, contou o delegado Fagner.

Para ler a matéria completa no G1 clique aqui.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: G1

Notícias Relacionadas

Comentar: Assassinato de idosa de 106 anos causa revolta; polícia tem suspeita para o crime

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596