quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Bebê que nasceu menor que uma boneca Barbie sobrevive e chega aos 7 kg

Bebê que nasceu menor que uma boneca Barbie sobrevive e chega aos 7 kg
Crédito da foto Para Imagem: Reprodução/Mirror
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Siga nossa página: https://www.facebook.com/portaltanacidade/

A bebê americana Kallie Bender, que nasceu com seis meses e apenas 360 gramas, conseguiu se recuperar, ganhar peso e sobreviveu. A recém-nascida teve alta do hospital nesta segunda-feira (21) após ficar cinco meses internada.

Para se ter uma ideia do quão pequena nasceu Bender, ela era menor que uma boneca Barbie. Até a aliança do pai dela servia de pulseira na bebê, segundo informou o jornal The Mirror.

No dia de seu nascimento, os pais Ebonie e Dameon Bender ouviram dos médicos que Kallie não sobreviveria, mas depois do tratamento e internação na terapia intensiva neonatal, ela conseguiu chegar aos 7 kg.

A bebê passou por uma cirurgia cardíaca complexa e uma série de outros procedimentos médicos e, cinco meses depois, ela recebeu alta do Hospital e Centro Médico Dignity Health St. Joseph, em Phoenix.

“Ela é uma lutadora incrível e mal posso esperar para ver a personalidade que ela trará a nossa família”, afirmou a mãe da criança que sofreu com uma gravidez de alto risco por sofrer de pressão alta.

Em uma de suas internações, durante a gravidez, Bender descobriu que a bebê era muito pequena em um exame de ultrassom. Os médicos notaram que havia uma falta de líquido ao redor do bebê devido a uma condição chamada fluxo diastólico final ausente.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: FOLHAPRESS

Notícias Relacionadas

Comentar: Bebê que nasceu menor que uma boneca Barbie sobrevive e chega aos 7 kg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596